Senador Mozarildo Cavalcanti pede a cassação do governador de Roraima

PTB Notícias 3/04/2014, 6:27


O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) ao informar que o atual governador de Roraima anunciou, na quarta-feira (2/4/2014), que vai se desincompatibilizar do cargo na sexta-feira, para concorrer ao Senado, voltou a defender a cassação de José de Anchieta Júnior, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por crime de corrupção.

Segundo o parlamentar, o atual governador assumiu o governo devido ao falecimento do então governador Ottomar Pinto e depois de três anos se reelegeu.

Desde então, acrescentou Mozarildo, Anchieta Júnior “já fez horrores em termos de corrupção e de todo tipo de endividamento do Estado”.

Além disso, ainda de acordo com o senador, o governador teria construído uma supermansão, embora fosse um empresário falido quando assumiu o governo.

Mozarildo Cavalcanti lamentou que ainda não tenha uma solução para o caso e lembrou que o Tribunal Regional Eleitoral já determinou que Anchieta Júnior deixasse o cargo.

Entretanto, como foi apresentado recurso, cabe ao TSE decidir.

“Então, na verdade, o que o nosso povo vê lá? O que ele mesmo diz para todo mundo: que só ganha eleição quem tem poder e quem tem dinheiro na mão e que ele tem as duas coisas.

Espero que ainda haja tempo para o TSE julgar e, usando a lei, realmente punir esse cidadão, que desonra a nossa terra, o nosso povo, que, portanto, como disse Rui Barbosa, ri realmente das nossas instituições e que, sobretudo, se vale, como dizem muito na imprensa, da afirmação de que quem tem banco, isto é, dinheiro, e banca, isto é, bons advogados, não é punido”, afirmou Mozarildo.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Agência Senado Foto: Pedro França/Agência Senado