Senador Mozarildo critica permanência de governador de Roraima no cargo

PTB Notícias 29/06/2011, 11:32


Em pronunciamento na última terça-feira (28/06/2011), o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) criticou a permanência no cargo do governador de Roraima, José de Anchieta Júnior, acusado de cometer crime eleitoral nas eleições de 2010.

De acordo com o senador, o governador usou a rádio estatal em benefício próprio, comprou votos e coagiu servidores do estado.

Segundo Mozarildo, há mais de 30 processos contra Anchieta Júnior.

No primeiro desses processos a ser julgado, acrescentou o senador, o governador foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE) em fevereiro, justamente por usar veículo de comunicação do governo na campanha eleitoral do ano passado.

Entretanto, Anchieta Júnior conseguiu uma liminar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para permanecer no cargo, até análise de recurso pelo TRE, que confirmou a cassação na semana passada.

Agora cabe ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidir sobre o caso.

Mozarildo disse estar preocupado com a proximidade do recesso judiciário, o que poderá atrasar o julgamento do caso e a possível saída do governador.

– Isso é inadmissível.

Ele está usando e abusando do dinheiro público enquanto permanece no cargo – declarou.

Agência Trabalhista de Notícias (PB), com informações da Agência Senado