Sergio Moraes orienta que Prefeitos do RS entrem na justiça contra União

PTB Notícias 26/04/2011, 7:43


Se até o fim desta semana a União não prorrogar o decreto que autoriza o repasse de recursos de 2007, 2008 e 2009 para os municípios, as prefeituras das regiões Centro-Serra e Vale do Rio Pardo vão deixar de receber um total de R$ 15,8 milhões.

O cálculo é da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), que apresentou balanço ontem, 25/04.

Em todo o Estado pelo menos 404 cidades podem acumular um prejuízo que chegaria a R$ 350 milhões.

O próprio governo do Estado pode perder até R$ 100 milhões com a medida.

Ontem à noite, o deputado federal Sérgio Moraes (PTB-RS) disse que orientou os prefeitos da região a ingressarem na Justiça.

“Como os prefeitos vão pagar obras ou aquisições de máquinas que foram autorizadas contando com esse dinheiro?”, indagou.

Ele revelou que a Prefeitura de Santa Cruz está pronta para entrar com o processo.

“Se até as 14 horas do dia 29 o dinheiro não entrar na conta do Executivo, a prefeita vai à Justiça.

” A preocupação de Moraes é maior porque a decisão do governo federal pode comprometer também o pagamento de emendas parlamentares do período 2007–2009.

“O Lula guardou o dinheiro para isso.

Agora a Dilma diz: “Não vou pagar”.

” Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações da Gazeta do Sul