Shimabukuro discute com presidente da ALMS congresso de engenheiros

PTB Notícias 10/06/2015, 7:52


Em visita ao presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Junior Mochi (PMDB), na segunda-feira (8/6/2015), o vereador Edson Shimabukuro (PTB) anunciou a realização do IX Congresso Nacional dos Engenheiros (Conse), em Campo Grande.

Shimabukuro é presidente do Sindicato dos Engenheiros de Mato Grosso do Sul (Senge-MS).

A capital sul-mato-grossense disputou a vaga para sediar o evento com outras três cidades: Brasília, Belém e Fortaleza.

O congresso acontece a cada três anos, sendo realizado pela Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) com apoio do Senge-MS.

Durante o congresso, engenheiros de todo o Brasil debaterão a valorização profissional e o desenvolvimento do país.

Na pauta, setor agropecuário, dificuldades enfrentadas pela indústria, mobilidade, energia e água.

Expectativa A expectativa da realização do congresso em Campo Grande, segundo Shimabukuro, é a melhor possível.

“Estamos trabalhando para realizar um grande Conse e recepcionar a todos com muita atenção.

Para isso, estamos buscando apoio do Crea [Conselho Regional de Engenharia e Agronomia], dos órgãos públicos e de empresas privadas”, explicou.

De acordo com Shimabukuro, o congresso contará com a participação dos mais renomados profissionais da engenharia e da política.

“Serão discutidas formas e apresentados exemplos para o crescimento do país e, claro, da cidade de Campo Grande, que segue caminho de uma metrópole”, disse.

Valorização profissional O IX Conse abordará também questões específicas, como estratégias de ação em relação à valorização profissional, uma das lutas do vereador Edson Shimabukuro.

“Desde o inicio de meu mandato tenho conversado com o governo estadual e municipal, para que cumpram a lei do salário mínimo profissional [Lei nº4.

950-A].

É uma batalha árdua no qual espero vitórias para categoria”, declarou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do vereador Edson Shimabukuro (PTB-MS)Foto: Divulgação/Assessoria