Shimabukuro pede esclarecimentos da Agência de Transporte de Campo Grande

PTB Notícias 11/07/2013, 7:43


A falta de sinalização, os diversos pedidos para a instalação de quebra-molas e redutores de velocidade negados e a manutenção dos semáforos deixando a desejar motivou a convocação da diretora-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Kátia Maria Moraes Castilho, a prestar esclarecimentos à Câmara Municipal de Campo Grande (MS).

O pedido é do vereador Edson Shimabukuro (PTB), da Comissão de Transporte e Trânsito daquela Casa.

Há algumas semanas, vários semáforos da cidade pararam de funcionar.

Alguns passaram horas outros até dois dias para serem consertados.

Na Avenida Calógeras, a uma quadra do Cemitério Santo Amaro, o semáforo ficou no alerta no sábado e domingo da semana retrasada.

“Meio complicado.

A gente ouviu bastante freada de carro que queria evitar batida”, conta Josildo Anotti, 50 anos, vendedor de loja situada próximo ao cruzamento.

O mesmo aconteceu com o semáforo da Rua Rio Grande do Sul com a Rua 15 de Novembro.

O sinaleiro passou a quarta e a quinta-feira da semana passada, dias 3 e 4, sem funcionar.

“Esse cruzamento sempre tinha batida, melhorou depois do semáforo”, contou a corretora de imóveis Luciana Mascarello, 41 anos, preocupada com o fato de não terem aparecido agentes de trânsito para orientar motoristas e evitar acidentes.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Correio do Estado