Silvio Costa diz que corte de emendas pode causar reflexos na eleição 2012

PTB Notícias 14/03/2011, 5:50


Ouvido pelo jornal Correio Braziliense sobre o tema do corte de emendas parlamentares para compor o ajuste fiscal anunciado pela equipe econômica do governo, o deputado federal Silvio Costa, do PTB de Pernambuco, afirmou que a se confirmar o montante de 72% de cortes nas emendas, os reflexosa poderão ser sentidos na campanha eleitoral de 2012.

“Acho que em um primeiro momento, as emendas que serão cortadas são dos deputados que não foram eleitos, que são 226.

Só isso dá R$ 2,5 bilhões”, avalia o deputado Sílvio Costa.

“Se as emendas forem cortadas gera um mal-estar, porque os prefeitos deixarão de ser atendidos e é véspera de ano de eleições.

Acho que esse corte não vai caminhar por aí.

“Silvio Costa afirma que se o governo decidir cortar as emendas dos não eleitos e as destinações de bancada poderá economizar R$ 10 bilhões sem mexer nas indicações individuais da base.

O deputado do PTB nega que o enxugamento terá um custo político para o Planalto, mas afirma que os aliados ficarão insatisfeitos ao constatarem que suas emendas minguaram.

“Evidentemente que as emendas não são um fator determinante da governabilidade, mas elas pesam.

O parlamentar tem que ter a prerrogativa de atender os prefeitos, e se ele não pode atender os prefeitos, fica insatisfeito.

“Agência Trabalhista de Notícias (com informações do jornal Correio Braziliense)