Sob nova direção, PTB de Chapadão do Sul inicia trabalhos visando 2016

PTB Notícias 29/07/2015, 15:51


O presidente do PTB de Mato Grosso do Sul, Ivan Louzada, se reuniu na sexta-feira (24/7/2015), em Chapadão do Sul, com Paulo Roberto Dias Batista e membros da antiga comissão provisória do partido no município.

O encontro reuniu cerca de 30 pessoas e deixou a nova comissão provisória previamente montada.

Louzada agradeceu a presença de todos e elogiou o trabalho de Paulo durante o período em que esteve à frente da sigla.

“O Dr.

Paulo e sua família sempre fizeram muito pelo PTB em Chapadão.

Entendo que sua profissão toma muito do seu tempo e o partido ficou um pouco esquecido, não por descuido, mas pelos compromissos diários”, disse.

Louzada também frisou a importância dos jovens na política.

“É muito bom ver esses jovens interessados em fazer parte da política local, ver o interesse principalmente do Felipe, filho do Dr.

Paulo, um rapaz novo que quer dar continuidade ao trabalho do pai.

Uma família que trabalha unida cresce unida”, argumenta.

De acordo com Paulo Roberto, ser presidente do PTB o fez entender a importância de participar.

“O PTB de Chapadão do Sul está enfraquecido, estamos tentando reestruturar o partido.

Estive meio ausente, um pouco desanimado, mas se queremos mudança, temos que lutar por isso.

Muitos jovens estão engajados em trabalhar conosco.

Meu filho Felipe é um deles, cheio de ideias e projetos.

Ele se prontificou em assumir a presidência da sigla e dar um gás no PTB”, explicou.

Felipe Batista é formado em arquitetura.

Ele já desenvolveu um projeto para Chapadão do Sul, que dá à população uma visão da cidade a longo prazo.

“O problema é de todos nós, não podemos nos omitir.

Estou disposto a liderar o PTB, e conto com a ajuda de todos.

Meu pai liderou o partido muito bem, porém, a falta de tempo não deixou que ele fizesse mais pela sigla.

Estou me prontificando a caminhar junto, vamos trabalhar para dar continuidade ao crescimento da nossa cidade.

Precisamos de gente que vista a camisa, e eu estou de corpo e alma neste projeto, estou disposto a lutar pela causa.

Sou arquiteto, e sempre pensei na minha profissão como forma de colaborar.

Desenvolvi um projeto onde podemos ver nossa cidade daqui a 40 anos, assim poderemos evitar percalços no caminho, podemos enxergar o que precisará ser melhorado.

Os investimentos serão precisos, para que o crescimento não seja um problema.

O projeto é conciso e detalhado, e se tudo der certo vamos implantá-lo em Chapadão”, disse Felipe.

Segundo o novo presidente do PTB de Chapadão do Sul, mesmo com a crise política e econômica que o país enfrenta, dá para pensar em melhorias.

“A política vive um momento de conflito político e econômico, temos que aproveitar para mostrar à população que podemos, sim, melhorar.

Temos que mostrar candidatos da mudança, pessoas sem vícios políticos, vamos agregar nomes, lideranças, e vir a disputar as eleições em 2016, com a consciência de mudança, não disputar por disputar.

Com dedicação e trabalho, chegaremos a um resultado satisfatório.

O PTB é um partido que tem história, que defende a classe trabalhista e tem a possibilidade de disputar de igual as eleições de 2016.

Vamos trazer novidades.

Eu vejo política como uma doação e não como uma profissão”, concluiu.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do PTB-MSFoto: Denise Nantes/PTB-MS