Sobrinho: resultado do Pisa é um reflexo da baixa qualidade do ensino

PTB Notícias 4/12/2013, 17:00


O senador Osvaldo Sobrinho (PTB-MT) apresentou na terça-feira (3/12/2013) ao plenário do Senado os resultados dos alunos brasileiros no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa).

O exame avalia estudantes de 15 anos em matemática, leitura e ciências.

Apesar de a média de desempenho dos brasileiros, entre 2003 e 2012, ter passado de 356 para 391 pontos, o Brasil ocupa a 58ª posição entre os 65 países participantes da última edição do teste.

“Ainda assim, ficamos com duas posições a menos do que em 2009 e continuamos atrás de outros países latino-americanos, como o México, Uruguai e Costa Rica.

Estamos à frente apenas da Argentina, Colômbia e Peru”, disse.

Para Osvaldo Sobrinho, esses resultados refletem uma quase sabotagem por que passa a educação no país.

Advertiu que o Brasil não pode comemorar enquanto vê a educação escorrer “ralo abaixo” e defendeu o enfrentamento ao desafio de recuperar a educação pública.

“Sabemos que a educação é uma coisa séria.

Sabemos da gigantesca e quase impagável dívida do Estado para com todos nós cidadãos nesta área vital do desenvolvimento.

“DédaOsvaldo Sobrinho também lamentou a morte do governador de Sergipe, Marcelo Déda.

Lembrou que foram colegas na Câmara dos Deputados.

“Um homem íntegro.

Lutador.

Convicto daquilo que falava.

Uma pessoa que marcou data.

Marcou época.

Marcou momento no Congresso Nacional”, disse.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência SenadoFoto: Moreira Mariz/Agência Senado