SP: Reivindicação de Frange, hospital será integrado à estação do metrô

PTB Notícias 21/09/2015, 7:35


A Prefeitura de São Paulo iniciou na tarde deste sábado (19/09/2015) as obras para a construção do Hospital Municipal da Vila Brasilândia, na zona norte da capital.

A chegada do equipamento de saúde é um pleito de quase 20 anos.

O hospital deve começar a funcionar de forma gradativa a partir do final de 2016.

Além de beneficiar mais de 410 mil habitantes da Brasilândia, ele deverá atender cerca de 2 milhões de pessoas por mês, desafogando unidades de saúde de toda a zona norte.

O vereador Paulo Frange (PTB) esteve à frente desta reivindicação desde o primeiro dia do seu mandato e teve participação decisiva quando da definição dos recursos para a sua construção, participando da elaboração, votação e aprovação da Lei que garantiu por licitação a antecipação da venda de um imóvel da Prefeitura e cujo valor arrecadado foi todo garantido para a construção do novo hospital.

EMOÇÃO”Transformar a emoção em palavras.

.

.

Um dos momentos difíceis da vida pública .

Diante de um grande público na Vila Brasilândia, o anúncio do início das obras do tão sonhado hospital.

São 400 mil moradores e não tem uma cama hospitalar.

.

.

Muita alegria por uma luta de 20 anos !! Valeu a pena trabalhar”, disse Frange.

HADDAD”Quando cheguei na Prefeitura, vi que esse hospital da Brasilândia tinha sido prometido há 30 anos.

Então, perguntei: onde é o terreno? Não tinha.

Cadê o projeto? Não tinha.

E o recurso? Não tem.

Era só uma palavra.

O Hospital da Brasilândia era só uma frase, que não tinha nada por trás, além do desejo do povo de ser bem atendido na saúde.

Fora a vontade do povo, não tinha mais nada e por isso, trabalhamos dois anos para chegar nesse dia”, afirmou o prefeito Fernando Haddad.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria do Vereador Paulo Frange (PTB-SP) Foto: Divulgação/Assessoria