Sperotto conhece programa que combate a exploração sexual de crianças

PTB Notícias 16/07/2011, 9:07


Durante visita aos estandes da 13ª Transpo-Sul, o vice-presidente da Assembleia Legislativa e líder da Frente Parlamentar Pró-Ponte do Guaíba, deputado José Sperotto (PTB) conheceu o programa “Na Mão Certa” criado pela Childhood Brasil (Instituto WCF).

O programa mobiliza empresas, governos e sociedade contra a exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas brasileiras.

De acordo com a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), a exploração sexual infanto-juvenil ocorre em 937 municípios do País, a maioria da região Nordeste e Sudeste.

Redes criminosas se beneficiam com a exploração sexual de crianças e adolescentes através da prostituição em rodovias, da elaboração de material pornográfico e do turismo sexual.

Para embasar este programa, a Childhood Brasil realizou uma pesquisa que traça o perfil dos caminhoneiros e avalia como eles encaram a questão da exploração sexual de crianças e adolescentes.

Como resultado, a pesquisa, denominada O Perfil do Caminhoneiro Brasileiro, apontou que 37% dos caminhoneiros afirmaram já ter utilizado essa rede de exploração sexual, e 67% disseram ter amigos de profissão que fizeram o mesmo.

A pesquisa também revelou que esses motoristas não se consideram abusadores, ao contrário, acreditam que isso é uma prática comum e ainda acham que, ao pagar pelo programa, estão ajudando essas crianças e adolescentes, uma vez que todas elas vivem em situação de miséria e abandono.

Com bases nestes dados alarmantes, a Childhood decidiu que o melhor meio de combater essa exploração seria focar seu trabalho direto naqueles que “compram” o serviço dessas crianças e adolescentes: os caminhoneiros.

O principal objetivo do Programa Na Mão Certa é transformar esses profissionais em agentes de proteção de crianças e adolescentes em situação de risco social.

Elaborando projetos de educação em empresas e rodovias, o projeto espera conscientizar os caminhoneiros para, além de não explorarem essas crianças, também atuem como seus protetores nas estradas, denunciando qualquer tipo de exploração sexual, através do Ligue 100 da SEDH.

Além disso, o Na Mão Certa promove o desenvolvimento de outras organizações que também lutam contra a exploração sexual e promovem os direitos da criança e do adolescente.

Para mover a sociedade em geral, o programa faz campanhas permanentes de conscientização, com distribuição de cartazes e folders nos postos de combustíveis.

Outra ferramenta utilizada pelo programa é a Revista Na Mão Certa, que traz artigos, entrevistas, reportagens e números que retratam o grave quadro da exploração sexual comercial de crianças e adolescentes nas rodovias.

Para Sperotto, o programa Na Mão Certa foi uma boa ideia e merece todo o apoio da sociedade para que realmente termine a exploração de crianças e adolescentes nas estradas.

“Também vou abraçar a luta para combater à exploração sexual de menores.

Precisamos dar um basta na situação”, finalizou o parlamentar.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul