Takayama destaca importância da imigração japonesa para agricultura

PTB Notícias 19/06/2007, 10:00


Ao participar nesta segunda-feira, 18, do seminário para o lançamento oficial do Ano do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, o presidente do grupo parlamentar Brasil-Japão, deputado Takayama (PTB-PR), destacou a importância da imigração japonesa para a agricultura no Brasil.

Ele lembrou que os japoneses foram para a Amazônia, onde contribuíram para a produção de borracha e para a plantação de pimenta no Pará.

Takayama ressaltou, porém, que a principal contribuição foi para a produção cafeeira, nos estados de São Paulo e Paraná, e de soja, no Cerrado.

“O povo japonês fez do Cerrado, uma terra que era considerada improdutiva, um grande produtor de soja.

Se a China é hoje um dos nossos maiores compradores, não podemos esquecer que a produção de soja do Cerrado começou com a mão-de-obra japonesa.

” O deputado petebista salientou ainda a importância do intercâmbio entre os dois países, já que o Brasil tem minérios e produtos agrícolas para oferecer ao Japão e pode contar com a tecnologia de ponta daquele país.

“O Japão pode transferir tecnologia de ponta para nossas universidades.

A transformação dos Cefets [Centro Federal de Educação Tecnológica] em universidades tecnológicas será importante nessa parceria.

“Já o secretário-geral do grupo, deputado Paes Landim, do PTB do Piauí, ressaltou o legado dos japoneses para a cultura brasileira.

Segundo ele, o mais importante que os brasileiros aprenderam com os nipônicos foi a cultura da disciplina e a valorização do trabalho.

Landim lembrou que em 1995 houve o centenário do primeiro tratado de amizade entre os dois países.

fonte: Jornal da Câmara