Talles Barreto passa presidência do PTB de Goiânia para Fernando Jorge

PTB Notícias 29/04/2013, 15:18


O ex-vereador Fernando Jorge foi eleito presidente do Diretório Metropolitano do PTB, em convenção realizada nesta segunda-feira (29/04/2013), no Auditório Costa Lima, da Assembleia Legislativa.

Ele vai substituir o deputado Talles Barreto, que ao entregar o cargo fez questão de desejar uma gestão repleta de novas conquistas ao seu sucessor.

Além de Talles, participou do evento, o 14º Encontro Regional do PTB, a deputada Gracilene Batista.

Marlúcio Pereira e Valcenôr Braz não compareceram em razão de compromissos assumidos anteriormente.

O deputado licenciado Henrique Arantes, atual secretário de Estado de Cidadania e Trabalho, marcou presença.

Presidente regional do PTB, o deputado federal Jovair Arantes, que é o coordenador da bancada de Goiás no Congresso Nacional, em seu pronunciamento, agradeceu a participação de todos os militantes e simpatizantes do partido no evento.

Além de empossar a nova Executiva do PTB de Goiânia, foram debatidas algumas ações que o partido fará com vistas às eleições de 2014.

Talles Barreto espera se dedicar mais ao PTB, na qualidade de vice-presidente regional do partido.

Dentro do encontro aconteceu uma palestra do advogado Hyulley Machado, que é vice-presidente do PTB.

Ele falou sobre a Lei 4.

470, que inibe a criação de novos partidos, haja vista que determina que o político que migrar do seu partido para outro, agora, não leva consigo o tempo de televisão e nem o fundo partidário.

Abordou também a questão de prestação de contas anual, que é uma obrigação de todos os partidos políticos.

Fernando Jorge falou à Agência Assembleia de Notícias e adiantou que sua meta é estruturar o partido na Capital com vistas a lançar uma chapa competitiva de candidatos a vereador, bem como encabeçar chapa majoritária de prefeito.

“Já presidimos o partido quando estávamos investidos de mandato de vereador, por isso vamos usar nossa experiência para fortalecer ainda mais o PTB com vistas às eleições municipais de 2016”, concluiu.

Agência Trabalhista de Notícias (NM), com informações da Assembleia Legislativa de Goiás