Talles Barreto quer identificar alunos da rede estadual com hiperatividade

PTB Notícias 4/12/2014, 17:46


A Assembleia Legislativa de Goiás começa a discutir um tema de grande importância na rede estadual de ensino.

Por meio do projeto apresentado na quarta-feira (3/12/2014), o deputado Talles Barreto (PTB) está propondo a identificação de alunos considerados hiperativos e portadores de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).

O objetivo do petebista, segundo sua justificativa, é propiciar maior integração do estudante com os colegas e com a própria escola.

No Brasil, segundo a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), existe um porcentual de até 5% das crianças portadoras da hiperatividade, dos quais 60% sofrem com o problema até a adolescência.

“O diagnóstico precoce, assim como o atendimento especializado aos alunos portadores deste distúrbio, contribuirá de maneira satisfatória tanto na parte de aprendizagem quanto na vida social”, destaca o deputado.

Um estudante portador da TDAH tem notória dificuldade em manter atenção em tarefas ou atividades de lazer, não termina deveres de escolas ou obrigações, evita tarefas de esforço mental prolongado, mostra ansiedade de esperar sua vez e mexe excessivamente com as mãos ou com os pés, quando está sentado na cadeira escolar.

Segundo Talles Barreto, o projeto é legal e constitucional, além do fato de o Estado ter competência para legislar sobre o tema, conforme dispõe o artigo 24 da Constituição de Goiás.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa de GoiásFoto: Sérgio Rocha/Alego