Talles propõe disque-denúncia para professores vítimas de violência

PTB Notícias 17/07/2014, 17:04


O deputado Talles Barreto (PTB) apresentou recentemente, na Assembleia Legislativa de Goiás, projeto de lei (1.

994/14) que institui o serviço disque-denúncia em prol dos professores que sofrerem algum tipo de agressão, violência ou ameaça física ou verbal nas escolas públicas ou privadas no Estado.

A matéria está em tramitação na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e tem como relator o deputado José de Lima (PDT).

De acordo com o parlamentar petebista, a proposta visa identificar os infratores, criando um mecanismo mais eficiente de fiscalização, reduzindo, assim, a incidência dessa prática e, sobretudo, garantir maior segurança aos professores.

A propositura explica que no ato da denúncia não se exigirá qualquer meio de identificação pessoal do denunciante como forma de proteger a integridade do mesmo e, consequentemente, incentivar a participação de toda a população para a solução do problema.

O petebista argumenta que, atualmente, a imprensa tem noticiado diversos casos de violência nas escolas brasileiras e que isso infelizmente não é um exagero criado pela mídia, mas sim uma realidade enfrentada diariamente por milhares de professores tanto da rede pública quanto da privada.

Talles ressalta que esses acontecimentos têm deixado a população assustada, fazendo com que alguns profissionais cheguem a abandonar a carreira e outros que tinham planos de exercerem-na sequer cheguem a adentrar na profissão.

Segundo justificativa do projeto, ficará a cargo do Poder Executivo determinar o órgão responsável para a apuração das denúncias.

As eventuais despesas decorrentes de aplicação desta lei correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, consignadas no orçamento vigente.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa de GoiásFoto: Y.

Maeda/Alego