Talles quer legalizar representatividade de alunos em escolas de Goiás

PTB Notícias 8/07/2014, 6:56


Projeto de autoria do deputado Talles Barreto (PTB) que regulamenta a eleição de um representante de alunos da rede estadual de educação de Goiás para atuar junto à direção das escolas deve ser colocado em pauta de votação tão logo seja retomado os trabalhos em plenário da Assembleia Legislativa, em agosto.

O projeto 4.

531/13 encontra-se na Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia e foi relatado pelo deputado José de Lima (PDT), que optou pela conversão desse processo em diligência para colher o competente parecer do Conselho Estadual de Educação sobre o assunto.

Para Talles Barreto, reforçar a representatividade estudantil significa também um anteparo para possíveis retaliações por parte da direção dos colégios.

“Também dará dignidade ao exercício do cargo de liderar ou defender sua classe.

“Como vai funcionarAlém de criar a figura do representante de classe, o projeto prevê também a escolha de um suplente por meio de eleição interna ou por aclamação.

Os escolhidos terão autonomia para defender os interesses individuais e coletivos da classe por um mandato semestral ou anual, com direito à reeleição por um único período.

Só poderão ser candidatos quem estiver regularmente matriculado na turma que pretende representar, ter disponibilidade para exercer as funções e não responder a processo administrativo disciplinar nem ter sofrido penalidades graves.

Está previsto também a possibilidade de perda de mandato, seja por renúncia expressa, incompatibilidade com a função ou até mesmo por pedido expresso da turma, respaldado pela maioria da classe.

Neste caso, com a perda do mandato, o titular seria substituído pelo suplente.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Assembleia Legislativa de GoiásFoto: Marcos Kennedy/Alego