Tavinho Santos quer explicações sobre fechamento de Escolas na Paraíba

PTB Notícias 11/01/2012, 8:05


O vereador Tavinho Santos, presidente municipal do PTB e da Comissão de Orçamento e Finanças (COF) da Câmara Municipal de João Pessoa (PB) vai marcar, até esta sexta-feira, 13/01, audiência com a curadora da Educação, Fabiana Lobo, para solicitar que o Ministério Público cobre, com urgência, explicações do Governo do Estado sobre o fechamento de mais de 30 escolas públicas municipais.

Tavinho revela que esteve com pais de vários alunos que terão que deixar suas escolas de origem, devido a medida adota pela administração estadual, para se matricular em outras unidades da rede pública do Estado, localizadas em outros bairros e comunidades.

“Esses pais estão aflitos e inconformados com o fechamento das escolas.

Muitos alegam que seus filhos estudam ali desde pequenos e não tem condições de ir para outras unidades porque é mais longe e eles não têm condições financeiras arcar com as despesas com coletivos, fazendo muitas vezes de duas a três viagens por dia”, comenta.

Ele informa que vai levar o caso ao conhecimento da curadora da Educação, juntamente com representantes de associações de país e alunos que, segundo o parlamentar, não concordam, de forma nenhuma, com esse procedimento da Secretaria de Educação do Estado.

Tavinho cita, como exemple, o fechamento da escola pública Adelaide Novais, que funcionava na Rua do Rio, área bastante pobre de João Pessoa.

O vereador alerta que outras escolas estão sendo fechadas no bairro do Cristo e em outras comunidades da Capital.

“Temos que fazer alguma coisa.

Isso não pode continuar.

Até hoje o Governo nem a Secretaria explicaram por que estão fechando essas escolas.

O Ministério Público tem que cobrar esclarecimentos.

Muitos servidores dessas unidades que foram fechados não sabem para onde vão.

Na mesma situação estão os alunos”, ressalta.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal PB Agora