Telmário e PTB: Tudo a ver!

Agência Trabalhista de Notícias 1/02/2017, 15:26


Imagem Crédito: Moreira Mariz/Agência Senado

Cada vez mais a política tem se mostrado dinâmica. O povo nas ruas está exigindo não apenas seus direitos, mas está cobrando honestidade e ações concretas dos políticos. Não há mais espaço para aqueles que querem um partido ou um mandato para chamar de seu! E é neste ponto que devo concordar com o ex-senador Mozarildo. Fazemos política de forma diferente!

Minha história foi construída ao lado do povo, com muita dedicação e trabalho. Trabalho aliás que foi reconhecido, seja do ponto de vista eleitoral ou da construção partidária. Os números não mentem! Hoje o PDT tem diversos vereadores e prefeito em Roraima.

Fui convidado a ficar no PDT, mas acredito que meu ciclo se encerrou na legenda e era hora de buscar novos caminhos. Recebi convites de diversos partidos, mas um em especial me fez brilhar os olhos.

O PTB era o partido de Getúlio Vargas, o “pai dos pobres”, e também foi o partido do saudoso Ottomar Pinto, que tão bem trabalhou junto com o povo e ajudou os mais pobres e excluídos. Não tive dúvidas em escolher o PTB. Não apenas pela sua história no Brasil e em Roraima, mas por entender que é um grande desafio, e eu gosto de desafios! Sei que, com meu jeito de fazer política, vamos trazer a população para dentro do partido e vamos revivê-lo. O PTB é muito grande para servir a um interesse pequeno, pessoal. Eu gosto de partido vivo e partido vivo tem que caminhar nos braços do povo. Por isso, a partir da segunda quinzena de fevereiro, o PTB vai voltar às ruas em uma grande campanha de filiação. Assim será o PTB, sairá da gaveta para se encontrar com a nossa gente. É o primeiro passo para, juntos, reconstruirmos Roraima.

Telmário Mota
Senador do Povo