Telmário Mota demonstra preocupação com aumento da violência no país

Agência Trabalhista de Notícias 8/06/2017, 11:20


Imagem Crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Telmário Mota (PTB-RR) demonstrou preocupação com o aumento da violência no Brasil. Em pronunciamento na terça-feira (6), ele disse ser incompreensível que somente nos cinco primeiros meses de 2017 tenham sido mortos mais cidadãos no Brasil do que em atentados terroristas no mundo em 2015.

O parlamentar fez referência ao Atlas da Violência divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que apresentou uma taxa de homicídios de 28,9 a cada 100 mil habitantes, representando aumento de 10,6% desde 2005.

Para Telmário Mota, embora o Congresso Nacional já tenha contribuído para uma mudança deste quadro por meio da Lei do Desarmamento, os bandidos não ficaram desarmados. Ao afirmar que a polícia não tem condições de garantir a segurança da população, o senador defendeu a redução da burocracia para que cada pessoa possa se proteger.

“O Estado brasileiro, os estados, a polícia perderam a capacidade de garantir a nossa vida, a nossa segurança. O cidadão tem o direito de se proteger igualitariamente. Portanto, a arma não só pode valer para o criminoso, tem que valer para o cidadão do bem”, afirmou.

Com informações da Agência Senado