Thiago Ferrari diz que o voto na Câmara de Campinas será aberto

PTB Notícias 28/12/2011, 19:57


O presidente da Câmara de Campinas (SP), Thiago Ferrari (PTB), disse anteontem, 27/12, que os vereadores vão definir o novo prefeito de Campinas através de voto aberto.

A declaração contraria informação que ele deu semana passada, quando disse que, após consulta à assessoria jurídica da Casa, definiu que o voto seria secreto – ontem, afirmou ter se expressado mal na semana passada.

A informação foi retificada quando Ferrari foi procurado pelo TodoDia, horas depois de o procurador da Câmara, Manoel Carlos Cardoso, anunciar que o regimento da Casa não prevê, em hipótese alguma, votação secreta no Legislativo.

As eleições para o novo prefeito de Campinas devem ocorrer até o dia 23 de março, e serão realizadas por causa da cassação de Demétrio Vilagra (PT), acusado de quebra de decoro pela Câmara.

O ex-presidente do Legislativo, Pedro Serafim, assumiu o cargo de prefeito até que a eleição defina quem ficará na vaga até o fim de 2012.

“Não existe possibilidade de acontecer uma eleição com voto secreto, porque o regimento da Câmara não permite que isso aconteça.

Tudo o que está sendo estudado nesse momento vai fundamentar todos os pontos da eleição”, explicou Cardoso.

SE EXPRESSOU MALFerrari declarou que se expressou mal quando afirmou que o voto seria secreto.

“Me expressei mal na semana passada, quando disse que o voto seria mesmo secreto.

Estamos trabalhando para o voto aberto e, no começo de janeiro, vamos soltar o relatório detalhado de como será a eleição, quando ela vai acontecer e outros detalhes”, disse.

O parlamentar explicou também que antes de declarar qualquer detalhe, quer fundamentar todos os pontos da nova eleição.

“Não quero que a eleição tenha brecha para alguém entrar na Justiça, por isso, estamos estudando com afinco para que tudo esteja muito bem fundamentado”, afirmou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Notícia FM