Tião Medeiros comemora liberação de recursos para saúde de Terra Rica (PR)

PTB Notícias 7/07/2015, 17:47


O deputado estadual Tião Medeiros (PTB-PR) comemorou nesta-terça (7/7/2015) a autorização do secretário de Saúde do Paraná, Michele Caputo Neto, para o repasse de mais de R$ 800 mil para o sistema de saúde de Terra Rica, no noroeste do Estado.

A liberação dos recursos é uma solicitação de Medeiros.

Serão destinados R$ 542 mil para a reforma do Hospital Municipal Cristo Redentor, R$ 155 mil para a reestruturação da lavandeira da unidade, além de R$ 120 mil para aquisição de veículo para ser utilizado no transporte sanitário.

“Esta é uma grande conquista para Terra Rica.

Com os recursos, será a maior obra de reestruturação do hospital em muito tempo.

Há 25 anos a unidade é referência de atendimento na região de Terra Rica”, disse o deputado.

O projeto prevê a troca do piso e do telhado, pintura e melhorias em diversas alas, como o centro cirúrgico do hospital.

O objetivo é que os pacientes tenham uma estrutura mais adequada para a realização de pequenos procedimentos cirúrgicos.

Para o prefeito de Terra Rica, Mi Molina (PSL), a obra é uma reivindicação antiga da população.

“Grande parte da nossa população depende do Sistema Único de Saúde (SUS) e por isso queremos oferecer o que há de melhor para nossos pacientes”, destacou.

Segundo Michele Caputo Neto, o investimento faz parte da estratégia do governo do Paraná para fortalecer a estrutura de saúde disponível nos pequenos municípios.

“Nosso objetivo é oferecer atendimento de qualidade para todos os paranaenses, independentemente do porte dos municípios em que vivem.

E isso só se faz com investimentos em obras, equipamentos e capacitação profissional”, afirmou.

O Hospital Cristo Redentor presta uma série de serviços na área de urgência e emergência e atenção materno-infantil, por meio das redes Paraná Urgência e Mãe Paranaense.

Atualmente, o hospital mantém 30 leitos e realiza cerca de 100 atendimentos por dia, pacientes encaminhados pelo Samu Noroeste ou por procura direta.

Somente na maternidade, são realizados em média 30 partos por mês.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do deputado Tião Medeiros (PTB-PR)Foto: Pedro Oliveira/Alep