Tradicional defensor dos aposentados filia-se ao PTB paulista

PTB Notícias 3/07/2007, 13:23


Um dos fundadores do PT, ex-deputado federal e atual presidente da Cobap (Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos), Benedito Marcílio, deixou o PHS e está preparando as malas rumo ao PTB.

O convite foi feito pelo presidente do PTB paulista e secretário-geral da executiva nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, deputado estadual Campos Machado.

A filiação acontece no dia 12 de julho.

No partido, Marcílio assumirá também a presidência do PTB dos Aposentados, um novo departamento criado por Machado no Estado de São Paulo.

Ao levar o ex-petista para a legenda, o PTB firma o compromisso de abraçar as causas em prol dos aposentados.

“É uma aliança de frente parlamentar em defesa dos direitos dos aposentados e dos idosos do Brasil”, afirma Benedito Marcílio.

O político começou o trabalho com os aposentados em 1973, quando criou uma associação especial para o grupo – ligada ao Sindicato dos Metalúrgicos, no ABC paulista.

Em 1981, como deputado federal criou a lei que instituiu 24 de janeiro como o Dia Nacional do Aposentado.

Em 1983, quando se aposentou, assumiu a participação em movimento pelos direitos dos idosos e ajudou a criar a Fapesp (Federação dos Aposentados e Pensionistas do Estado de São Paulo).

Benedito Marcílio foi o primeiro operário a ocupar uma cadeira no Congresso Nacional, onde cumpriu mandado, pelo então MDB, de 1979 a 1982.

Ele foi eleito com o apoio o apoio do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André, que presidiu durante 13 anos, período em que se envolveu com a criação do PT.

Agência Trabalhista de Notícias