Tupã assina Atividade Delegada com o Corpo de Bombeiros de Prudente

PTB Notícias 10/09/2014, 7:40


O prefeito de Presidente Prudente (SP), Milton Carlos de Mello “Tupã” (PTB), assinou, na terça-feira (9/9/2014), a lei que regulamenta a Atividade Delegada com o Corpo de Bombeiros no município.

O ato ocorreu na Secretaria de Estado da Segurança Pública, em São Paulo, e contou com as presenças do chefe da pasta, Fernando Grella Vieira, e do comandante do 14º Grupamento de Bombeiros, o tenente-coronel Elias Martins Viana.

De acordo com o secretário municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública, Oswaldo de Oliveira Bosquet, a lei da Atividade Delegada com o Corpo de Bombeiros será para que os profissionais trabalhem no serviço de ambulâncias que funciona por meio da central telefônica 192.

Além disso, ele conta que os bombeiros poderão atuar em demais atividades de competência do município relacionadas à saúde.

Como exemplo, Bosquet cita que, após a inauguração das obras de reforma do Balneário da Amizade, eles poderão ter atuação até mesmo no local, como salva-vidas.

Em julho deste ano, Tupã foi a São Paulo para tratar de definições com o governo do Estado sobre o funcionamento da Atividade Delegada em Presidente Prudente.

Na ocasião, o prefeito petebista anunciou como prioridades para o funcionamento da Atividade Delegada o Calçadão da Rua Tenente Nicolau Maffei, o Parque do Povo, a Praça Nove de Julho, o Terminal Rodoviário “Comendador José Lemes Soares” e o Terminal Urbano.

O convênio entre a prefeitura e o governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública, tem como objetivo a utilização dos policiais militares para prestar serviços em locais de competência do município visando a incrementar a segurança da população e o trabalho de fiscalização no trânsito.

O projeto que instituiu a Atividade Delegada em Presidente Prudente foi aprovado em outubro do ano passado pela Câmara Municipal.

Em janeiro de 2014, o Poder Executivo assinou o decreto que estabeleceu as regras para o serviço na cidade.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal i-fronteira Foto: Divulgação