Tupã destaca aterro, transporte e mobilidade urbana como desafios em 2014

PTB Notícias 2/01/2014, 7:18


Em 2013, o prefeito Milton Carlos de Mello “Tupã” assumiu o segundo mandato à frente da Prefeitura Municipal de Presidente Prudente (SP).

O chefe do executivo destaca que em 2013, o principal desafio da administração municipal foi de manter o espírito de união através da somatória de esforços envolvendo as esferas estadual e federal, bem como a sociedade de maneira geral.

Segundo ele, a união de esforços foi fortalecida com o apoio dos deputados estaduais e federais, para alcançar o principal objetivo de trabalhar na recuperação da imagem de Presidente Prudente, como cidade prestadora de serviços, além de dar continuidade de captação de recursos tanto a nível federal quanto estadual.

“Recebemos um grande volume de recursos tanto do Governo Estadual quanto do Governo Federal”, revela o prefeito.

Foram recursos que contribuíram com o progresso de Presidente Prudente em diversos setores, como habitação, educação e saúde.

De acordo com o prefeito Tupã, assim como foi em durante a primeira gestão, neste ano de 2014, a intenção é de dar continuidade às parcerias que foram firmadas.

“Temos que manter esse bom relacionamento com as esferas estadual e federal, para manter os cofres da Prefeitura equilibrados, tendo em vista, que Prefeitura funciona como uma empresa, que deve gastar o que arrecada”, explica o chefe do Executivo.

De acordo com o prefeito, todo trabalho da administração municipal deve ter em pautado em oferecer um serviço de excelência para o munícipe.

O prefeito lembra que ao assumir a primeira gestão o Governo Municipal conseguiu mostrar o objetivo da administração, “que é de trabalhar intensamente pela população prudentina”.

Segundo ele, neste primeiro ano que marcou o início da segunda gestão, a administração municipal procurou ajustar algumas situações e melhorar ainda a atuação pública.

“A intenção foi de dar continuidade ao trabalho realizado na primeira gestão e poder melhorar em diversos setores públicos prioritários como saúde, educação e habitação” resume o prefeito.

“Se fizermos um comparativo em relação às gestões anteriores, que já passaram pela Prefeitura de Prudente, o nosso trabalho foi bastante positivo, tendo como resultado uma grande somatória de esforços neste primeiro ano da gestão”, observa o prefeito Tupã.

Em relação ao segundo mandato, o prefeito destaca alguns desafios principais.

Segundo ele, “administrar uma cidade do porte de Prudente é um grande desafio, pois as preocupações são muitas e em vários setores, como saúde, educação, meio ambiente, esporte, agricultura, dentre outros setores, que movimentam a cidade e que representam o montante de demandas”.

Em relação às metas alcançadas neste ano de 2013, o prefeito Tupã destaca o projeto habitacional do Programa Minha Casa Minha Vida, que está em execução no município.

O prefeito lembra que em dezembro de 2013 foram entregues 227 moradias do Residencial Tapajós e a partir de janeiro de 2014 serão beneficiadas aproximadamente 500 famílias, com a entrega de 330 moradias do Residencial Panorâmico e outras 162 unidades do Residencial Bela Vista.

Em abril, mais 402 moradias do Residencial Cremonezzi e sorteará até maio, mais 2368 unidades do conjunto João Domingos Netto que deverão ser entregues até o final do ano.

O prefeito reforça que serão entregues até o final da gestão cerca de 6 mil moradias para atender as famílias de renda entre 0 a 10 salários mínimos.

“Trata-se do maior projeto habitacional da história de Presidente Prudente, principalmente conseguindo casa para quem precisa de verdade”, confirma o chefe do executivo.

Acrescentou que outras 400 unidades pela CDHU já foram iniciadas no Jardim Humberto Salvador: “A CDHU ainda vai construir mais 1080 moradias em área próxima ao Sesi do Parque Furquim e outras 1100 casas serão construídas nos futuros conjuntos Marangoni e Tamoios, ao lado do João Domingos Netto”, salientou.

Projeções para 2014:Para 2014, o prefeito destaca a entrega de mais creches e unidades de saúde em vários pontos da cidade, além de melhorar as vias de tráfego: “Vamos dar continuidade ao trabalho de recuperação asfáltica, a construção de duas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) no Ana Jacinta e Jardim Guanabara, 3 Estratégia de Saúde da Família e 3 novas creches para atender a educação infantil, além de outras 4 que estão em conclusão (Itapuã, Monte Carlo, Girassóis e Residencial São Paulo) totalizando a entrega de sete creches para a população.

São desafios do dia a dia, mas que estão mudando a história de Prudente.

Temos índices que apontam que a nossa cidade recebeu mais de 11 mil novos moradores nos últimos anos, por isso, temos que nos preparar a cidade para o futuro”, relata o prefeito.

Em relação aos avanços que começaram na primeira gestão do Governo Municipal e que devem ser definidos em 2014, o prefeito destaca o encerramento do lixão e a construção de um novo aterro sanitário.

“Em dezembro de 2013 já recebemos o aval do Ministério Público Estadual e do Ministério Público Federal, para que possamos encerrar o lixão e dar início à construção do novo aterro sanitário”, adianta o prefeito.

Outros desafios da administração municipal para 2014 são em relação a conclusão do Centro Olímpico, cuja licitação está andamento e a Prefeitura Municipal deve assinar o contrato até o final de janeiro, com a empresa vencedora para início imediato das obras.

Na pauta, o prefeito destaca ainda como grande desafio, a questão do Transporte Público, cujo estudo está em andamento e deve ser concluído em 2014 para dar início a licitação para a escolha de novas empresas: “Temos que ter ônibus diferenciados e fazer com que as pessoas se sintam confortáveis em deixar o carro na garagem e optem pelo transporte público.

Somente oferecendo qualidade e pontualidade teremos uma opção viável e confiável de transporte”, revela o prefeito.

As mudanças no sistema viário também estão na pauta do governo: “Dentro do projeto de Mobilidade Urbana com recursos de R$ 35 milhões, Prudente será contemplada com a construção de 4 novos terminais nos bairros da cidade, 15 quilômetros de ciclovia, duas novas avenidas, duplicação da Raimundo Maiolini entre o Brasil Novo até o Morada do Sol dentre outras mudanças no sistema viário”, resume.

Sobre as projeções políticas para 2014, o prefeito destaca que irá cumprir o seu mandato até o final, em 2016.

“A população prudentina me outorgou o mandato de prefeito e me elegeu por quatro anos, por isso, pretendo cumprir até o final.

Não trabalho com a hipótese de deixar o cargo de prefeito para concorrer a qualquer outro cargo eletivo em 2014″, conclui o prefeito.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Prefeitura de Presidente Prudente (SP)