Universitários têm aula de ética e cidadania com vereador Jair Cézar

PTB Notícias 13/04/2007, 9:12


A função do parlamentar, o processo legislativo, o andamento das propostas junto às Comissões e a importância da participação da comunidade na política foram alguns dos temas abordados pelo vereador petebista Jair Cézar, em aula sobre ética e cidadania, no plenário da Câmara Municipal de Curitiba, junto com os vereadores Roseli Isidoro (PT) e Roberto Hinça (PDT).

O evento foi destinado a alunos dos cursos de Marketing e Turismo da Universidade Tuiuti do Paraná.

Segundo a professora e coordenadora de responsabilidade social e assessora de comunicação e desenvolvimento da instituição de ensino, Cora Catalina Quinteros, a aula faz parte de uma atividade de extensão universitária da disciplina de ética.

Trabalho “A cidade espera de nós o máximo e não podemos decepcionar nossos eleitores”, opinou o vereador petebista Jair Cézar, ao se pronunciar, lembrando que as ações são direcionadas tanto àqueles que têm melhor poder aquisitivo como aos que necessitam de saneamento e até alimentação.

No quinto mandato, o parlamentar ressaltou que “o trabalho é o alicerce da sua permanência na Casa e o respaldo de futura eleição”.

Jair Cézar, que é advogado, também graduado em Turismo e representante da Câmara no Conselho Municipal de Turismo, concluiu destacando a iniciativa da professora Cora Catalina e a oportunidade de poder contribuir com os que buscam ampliar seus conhecimentos.

TransparênciaPara o vereador Roberto Hinça, a população tem o direito e o dever de participar, fiscalizar e fazer sugestões nas questões relativas à cidade.

“Não basta criticar.

Chega o momento em que é preciso tomar iniciativa”, afirmou aos estudantes, destacando que a Câmara de Curitiba é uma das mais bem equipadas e possui um trabalho totalmente transparente, que deve e pode ser acompanhado pelos cidadãos.

Já a vereadora Roseli Isidoro discorreu sobre os valores éticos e morais que devem nortear a vida dos homens públicos.

“Em nosso partido, como nos outros, às vezes algum político sai da ideologia”, disse, lembrando que “os deslizes devem servir de incentivo para lutarmos por um parlamento sério, digno e justo”.

fonte: site da Câmara Municipal de Curitiba