Valter Araújo apóia municipalização do saneamento básico em Ariquemes

PTB Notícias 26/02/2011, 9:01


Em visita a Ariquemes (RO), na manhã desta sexta-feira (25/02), o presidente da Assembléia Legislativa de Rondônia, Valter Araújo (PTB), disse que a municipalização dos serviços de saneamento básico em Ariquemes, terá todo apoio da Assembléia Legislativa e especialmente dele enquanto presidente.

Valter esteve no gabinete do prefeito Márcio Raposo na companhia de uma comitiva de outros 10 deputados estaduais, e vereadores de Ariquemes.

Ao ser informado oficialmente pelo prefeito da aprovação da Saneari, Valter disse que “tem todo o meu apoio”.

O presidente da Ale lembrou ainda que o serviço de saneamento em cada cidade rondoniense já deveria ser municipalizado quando da criação do Estado.

Documentos da época da emancipação já garantiam aos municípios a gestão deste serviço.

Porém, disse Araújo, o Estado, na ocasião acabou tomando conta “e ficou tudo por isso mesmo”.

Durante encontro, no gabinete, o prefeito Márcio argumentou que a Caerd até presta um bom trabalho de saneamento, mas, o lucro do serviço prestado não fica na cidade, “vai tudo para fora”.

Isso, na avaliação do prefeito, não interessa ao município.

O Projeto de Lei, que cria a Autarquia Saneamentos de Ariquemes – Saneari – foi aprovado no último dia 16 de fevereiro em sessão extraordinária da Câmara de Vereadores de Ariquemes e está em fase de implantação.

Depois que começar a funcionar, a Saneari será responsável pelo gerenciamento, administração e realização dos trabalhos de saneamento básico, tratamento de esgoto e abastecimento de água para todos os Bairros da cidade.

O projeto foi aprovado por nove votos favoráveis.

Somente um contrário.

A autarquia municipal vai administrar recursos vindos do Governo Federal, especialmente verbas do PAC.

O líder do governo na Câmara Clovis José (PMDB), durante discurso, no dia da votação, disse que a mão de obra de profissionais da Caerd não vai deixar de ser contemplada pela Saneari, “desde que a Caerd participe do processo de licitação, na disputa com outras empresas do ramo”.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Rondônia Dinâmica