Valter Araújo critica duramente consórcio Suez, responsável por Jirau

PTB Notícias 14/05/2011, 13:09


O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Valter Araújo (PTB), acusou mais uma vez os responsáveis pela construção da usina de Jirau, no rio Madeira, de desrespeitarem Rondônia e de ignorarem as leis.

As críticas ocorrem no Forum de Debates com a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara Federal realizado na última quinta-feira na Assembleia Legislativa.

“Cada vez, fico mais convencido de que seria muito melhor se essas usinas não tivessem sendo construídas em Rondônia.

Aqui, vão ficar somente os problemas.

Somos apenas “barriga de aluguel”, para gerar energia para o Sudeste do país, a um custo ambiental e social altíssimo”, desabafou Araújo.

Valter chamou de “bando de covardes e mentirosos” os responsáveis pelo consórcio Suez, que constroem a Usina de Jirau.

“Eles não respeitam ninguém.

Eram R$ 90 milhões de verbas de compensação ao Governo, apenas R$ 17 milhões foram licitados e somente R$ 5 milhões contratados.

Enquanto isso, as crianças em Jacy-Paraná são violentadas”, desabafou ele, acrescentando que “o valor das compensações foi mal pactuado pelo Estado e a prefeitura da capital”.

Araújo disse ainda que a mudança no eixo da usina geraria uma economia de R$ 1,5 bilhão, segundo chegou anunciar a empresa.

“Mas, depois disso a coisa mudou e os valores da obra começaram a ser insuficientes.

Agora, eles querem mais aditivo para uma obra que prometia ser “barata” e se mostra caríssima e sem planejamento.

Tem algo de podre no ar, faço um apelo para que o Congresso consiga abrir a caixa preta de Jirau”, completou.

O presidente também cobrou mudanças na tributação da energia, passando também o Estado produtor a ser beneficiado com o Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

“Hoje, quem recebe o ICMS é quem consome a energia.

Assim, nós vamos ficar com os problemas e São Paulo com o imposto”, finalizou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal da Assembleia Legislativa de Rondônia