Valter Araújo garante construção de pronto-socorro em Rondônia

PTB Notícias 7/02/2011, 8:43


O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Valter Araújo (PTB) esteve reunido na última sexta-feira (04/02) com o governador Confúcio Moura e decidiram que governo e Assembleia vão construir um pronto-socorro municipal em Porto Velho.

De acordo com o parlamentar, a unidade hospitalar terá 30 leitos de UTI e será financiada em parte por emendas de deputados e parte pelo governo, a administração ficaria a cargo do município.

“Precisamos resolver essa situação que se agrava a cada dia.

A população de Porto Velho está cada vez maior e isso gera uma demanda enorme em todos os setores, mas a maior sensibilidade realmente é na área da saúde”, destacou o deputado.

Durante a reunião o presidente da Assembleia também conversou sobre a eleição da Mesa Diretora e a pressão que o governador vinha sofrendo por parte do senador Valdir Raupp em tirar o Partido dos Trabalhadores do governo.

O governador reviu essa situação e manteve o espaço do PT, e ainda ampliou, ao convidar Edson Silveira, ex-secretário de Obras do município, para ocupar um cargo na estrutura do Executivo estadual.

“O governador entendeu que estamos em novos tempos.

A eleição da Mesa já passou e tratamos o assunto como dois chefes de poderes.

Tanto para mim quanto para o governador, esse é um tema encerrado.

Todas as tentativas da oposição de criar uma animosidade entre governo e Assembleia foram por terra.

Não vai haver essa história de retaliação.

Vai haver trabalho em prol da população”, destacou Araújo.

Para o parlamentar, as manobras feitas pelo grupo do senador Valdir Raupp deixaram o deputado Edson Martins (PMDB) em uma situação constrangedora e desnecessária, “o deputado foi fiel a seu partido e cumpriu uma determinação do presidente da legenda, mas essa foi uma medida que causou constrangimento a um parlamentar, independente da cor partidária é um deputado”, declarou.

Valter Araújo também conseguiu garantir do governo o compromisso de repasse das emendas parlamentares, que serão feitas em quatro parcelas de 25% a partir de abril.

“Nós estamos caminhando para um período de entendimentos e união.

Vamos dar todas as condições necessárias para que o governador consiga executar suas metas.

Ao mesmo tempo estaremos exercendo nosso papel constitucional, que é o de fiscalizar”, finalizou o deputado.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Portal Rondônia ao Vivo