Valter Araújo recebe comissão de Jacy-Paraná (RO) e garante melhorias

PTB Notícias 27/10/2011, 12:15


Na última terça-feira (25/10/2011), o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado Valter Araújo (PTB-RO) e o 2º vice-presidente da Casa, deputado Maurão de Carvalho (PP) receberam uma comissão formada pelos pastores Joel Binos e Abraão Melo, além dos empresários Wilson Reis e Ivanir Barbosa, todos do distrito de Jacy-Paraná, a 80 quilômetros de Porto Velho.

A pauta da reunião era cobrar melhorias para a localidade que sofre com o crescimento desordenado e a falta de apoio dos poderes públicos, principalmente a prefeitura da capital.

“Crescemos à níveis impressionantes.

Sabemos que as usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau destinaram recursos para nossa cidade, mas que não são corretamente aplicados”, disse Joel Binos.

Segundo informações da comissão de Jacy-Paraná, a região já conta com mais de 40 mil habitantes, incluindo as populações dos distritos de Mutum Paraná e União Bandeirantes.

“A poucos quilômetros contamos com um canteiro de obras que emprega mais de 15 mil pessoas e que futuramente vai gerar energia para todo o país, o que significa desenvolvimento.

Porém, estamos em completa situação de abandono, principalmente no que diz respeito à infraestrutura”, falou mais uma vez Joel Binos.

Outra reclamação do grupo é em relação à presença de órgãos públicos na área.

“Um destes exemplos é a falta de um posto de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral [TRE].

Às vezes, os funcionários chegam lá e atendem rapidamente as pessoas.

A população de Jacy-Paraná necessita do serviço de emissão e àqueles que são de fora de Rondônia, da transferência de títulos eleitorais”, destacou o pastor Joel Binos.

Já o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valter Araújo, garante que vai tomar as providências necessárias para diminuir o descaso com as populações de Jacy-Paraná, Mutum Paraná e União Bandeirantes.

“Esta Casa de Leis apoia a vinda desta comissão para cobrar a presença dos poderes públicos naquela área, principalmente da prefeitura de Porto Velho que recebe recursos, mas que não os aplica corretamente.

Vamos fazer os contatos necessários para a melhoria de vida de todos”, finalizou ele.

Agência Trabalhista de Notícias (PB), com informações da Assembleia Legislativa de Rondônia