Vera apoia extensão de incentivo fiscal para empresas de transporte aéreo

PTB Notícias 28/11/2013, 17:54


O projeto de lei (330/2013) que estende o incentivo fiscal no combustível para empresas de transporte aéreo, que operam no Amazonas, reduzindo de quatro para dois voos regulares a exigência para que a empresa ganhe o benefício, mereceu posição e voto favorável da deputada estadual Vera Castelo Branco (PTB).

Esse benefício é fruto de uma emenda do deputado Adjuto Afonso (PP), subscrita pelo presidente Josué Neto (PSD), devendo ser subscrita por todos os deputados a pedido do líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado, deputado Sinésio Campos (PT).

A emenda contou com a defesa favorável de Vera Castelo Branco ao levar em conta, além da ampliação do benefício para empresas com voos regulares, também para as empresas de táxi-aéreo que atendem, principalmente, aos pequenos municípios do interior do Amazonas.

A deputada afirmou que há alguns meses lutou para que esse benefício fosse suspenso de forma irredutível, porque os efeitos dessa lei somente beneficiavam uma empresa, a Trip, que agora é a Azul, não dando assim, o devido retorno à população, tanto em relação à tarifa como no social.

“Esse benefício era dado de forma desigual.

Por que somente uma empresa tinha direito de usufruí-lo.

Agora, dessa forma a proposta está melhor visualizada, uma vez que não penaliza os cidadãos que dependem do transporte aéreo e que, diga-se de passagem, é algo muito relevante, embora, nem todos tenham acesso devido ao alto valor das tarifas que se praticam”, observou.

Vera disse que essa medida vem reconhecer os relevantes serviços que as empresas de táxis aéreos fazem, “muitas das vezes, salvando vidas dos irmãos do interior do Estado do Amazonas”, frisou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria da deputada Vera Castelo Branco (PTB-AM)Foto: Danilo Mello/Aleam