Vera apoia instalação da CPI da Pedofilia de forma ‘ampla’ e ‘imediata’

PTB Notícias 4/04/2014, 7:48


Em “Comunicado de Liderança”, no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a deputada Vera Castelo Branco (PTB) assinalou que a proposta de instalação de uma CPI da Pedofilia ampla já é um assunto batido, ou seja, foi discutido com os deputados, em recente reunião na sala da presidência da Casa, não precisando mais esse desgaste em cima da proposta.

O assunto foi puxado pelo deputado Sidney Leite (PROS), com a deputada Vera afirmando que todos os que participaram da reunião decidindo que a investigação seria ampla, pois o município de Coari, alvo principal das denúncias, já está mais do que investigado.

“Tudo que tinha que ser feito lá já ocorreu.

Quebra de sigilo fiscal, telefônico e colhida de depoimentos, além de que os processos estão nas mãos do Ministério Público e Judiciário.

Por isso não podemos ficar aqui ‘amassando barro’ ou batendo sobre a mesma tecla”, observou Vera.

Para a deputada, o que está acontecendo é um absurdo sem precedente.

“Não é comum ficar aqui e discutir tudo de novo o que todos já sabem.

Sabemos que os casos ocorridos em Coari são gravíssimos e não devem ficar na impunidade, mas, também, não devemos focar somente em Coari se há casos em quase todos os lugares, inclusive, em Manaus.

Concordo com o discurso do deputado Sidney Leite sobre a questão, e já tinha me antecipado ao problema”, afirmou.

A proposta, disse Vera, era para instalar a CPI depois das eleições, mas, de acordo com ela, “como alguns estão fazendo ‘cavalo de batalha’ e estamos aqui fazendo o papel de algozes dessas pessoas, vamos instalá-la de imediato e que seja ampla, mas com aquele ‘ditado’ quem for ‘podre’ que se ‘quebre'”, disse.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da deputada Vera Castelo Branco (PTB-AM)Foto: Divulgação/Assessoria