Vera C. Branco elogia liminar em favor do prefeito de Rio Preto da Eva

PTB Notícias 30/10/2013, 6:47


A deputada estadual Vera Castelo Branco (PTB-AM) recebeu em seu gabinete, na segunda-feira (28/10/2013), o prefeito de Rio Preto da Eva, Dr.

Luiz Ricardo (PRP), que retornou ao cargo por meio de uma liminar concedida pelo desembargador Lafayette Carneiro Vieira Júnior, barrando a decisão da Câmara de Vereadores de cassá-lo.

A decisão do desembargador, segundo Vera, em favor do prefeito Dr.

Ricardo, suspendendo decisão da Câmara, “foi correta e corrigiu uma grande injustiça contra uma pessoa eleita pela vontade do povo e que trabalha para o bem do município”.

Para ela, as acusações feitas ao prefeito não tinham fundamentos.

“Não houve irregularidades nos repasses.

O que aconteceu foi um erro cometido na secretaria de Finanças logo no início da gestão que se transformou em toda essa celeuma, além da falta de experiência do prefeito, por ser médico por profissão e, estar no início do mandato”, assinalou.

“A situação se agrava ainda mais devido ao fato de existir um grupo no município, acostumado com o poder, voltado para denegrir a imagem e o trabalho que o prefeito tenta implantar e não consegue, porque eles financiam as pessoas ligadas ao esquema para prejudicar a gestão do Dr.

Ricardo”, observou Vera.

“O acaso é tão grave que já atentaram contra sua vida, fato que foi comprovado pela Inteligência policial que, à época, esteve no local, documentou tudo e até decretou a prisão de alguns, mas que infelizmente estão soltos e juntos com outros que, inclusive, deram tombo na praça de Manaus, enriqueceram ilicitamente e querem fazer o mesmo em Rio Preto da Eva”, disse Vera.

Segundo a deputada, Dr.

Ricardo ainda não teve tempo de administrar, herdou uma herança maldita de não cumprimento no pagamento de convênios, desvio de dinheiro, folha de pagamento atrasado, além do grave erro cometido na secretaria de Finanças, mas que foi corrigido quatro dias depois de detectado.

Em conversa com a deputada, o prefeito Dr.

Ricardo explicou que esse foi o grande equívoco causado pela Câmara de Rio Preto ao instaurar inquérito para investigar denúncia de que ele teria cometido essa irregularidade na aplicação de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), situação que não ocorreu e que já foi esclarecida.

“Na verdade, por ser o município de Rio Preto da Eva bastante promissor, o que eles pretendiam mesmo com essas denúncias sem fundamentos era provocar a minha cassação para poder o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) provocar uma nova eleição e, com isso, a possibilidade de trazer de volta ao Poder as mesmas pessoas do grupo anterior, só que isso não vai acontecer”, assegurou Dr.

Ricardo,Ainda de acordo com o prefeito, a Justiça foi feita, “aliás, eu sempre confiei nela e de que voltaria ao comando da Prefeitura de onde agora vou poder provar ao povo que me elegeu que não agi de má fé, além de me defender das acusações”.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da deputada Vera Castelo Branco (PTB-AM)Foto: Assessoria