Vera Castelo Branco solicita policiamento ostensivo em Benjamin Constant

PTB Notícias 7/02/2014, 19:01


A crescente onda de violência que atinge o município de Benjamin Constant (AM) deixa as autoridades preocupadas, principalmente porque ela está chegando a locais antes considerados tranquilos se comparada às estatísticas atuais.

Ao ser colocada a par da situação que atormenta a população de Benjamin Constant, a deputada estadual Vera Castelo Branco (PTB) lamentou o clima de insegurança que vem reinando no local.

“A população está com medo.

As pessoas estão se sentindo totalmente inseguras por estarem vendo coisas no município que nunca aconteceram, ou seja, que se viam apenas nos noticiários”, disse a deputada.

Preocupada com esse clima de insegurança no município, Vera encaminhou requerimento sob a forma de indicação ao governador Omar Aziz (PSD), ao secretário de Segurança Pública (SSP-AM), coronel Paulo Roberto Vital, e ao comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Amazonas (PM-AM), coronel Almir David Barbosa, para que viabilizem estudo técnico, no sentido de incluir policiamento ostensivo no município.

O documento foi protocolado no dia 22 de outubro de 2013.

Para se ter uma noção do que está acontecendo, disse a deputada, em Benjamin Constant ocorreram nos últimos 15 dias mais de 15 assaltos à mão-armada, além de três assassinatos.

“Em vista disso, a população está se sentindo acuada e os vereadores da cidade passaram a discutir o problema com mais ênfase na Câmara Municipal, tendo, inclusive, o vereador “Tôtô Cabral” entrado em contado conosco, por telefone, pedindo auxílio emergencial e, afirmando ainda, que o município pode decretar “toque de recolher””, disse Vera.

De acordo com o vereador “Tôtô Cabral”, a população do município vem sofrendo com a violência que está tomando conta da cidade e reivindica, com urgência, a minimização desse problema que pode acontecer com o aumento do contingente da Polícia Militar para um policiamento preventivo e repressivo mais eficaz.

A deputada do PTB explicou que o policiamento ostensivo tem como função, principal, realizar a prevenção dos crimes, contravenções penais entre outras.

Constitui-se, também, em medidas preventivas de segurança com o intuito de evitar acontecimento de delitos e de violações de normas.

“Na atual sociedade tornou-se um serviço indispensável desempenhando um papel importante na consecução dos objetivos finais das polícias, sendo a única forma de serviço policial que trata diretamente da eliminação da oportunidade da má-conduta e reprime o desejo de delinquir”, assinalou a deputada, observando, ainda, que o policiamento constante e visível em todas as horas e em todos os bairros de uma cidade dá a sensação de que ele está presente em toda a parte e que pode alcançar a tudo e a todos.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria da deputada Vera Castelo Branco (PTB-AM)Foto: Assessoria