Vera Castelo Branco tem reunião sobre questão fundiária no Alto Solimões

PTB Notícias 2/07/2013, 8:13


O município de Fonte Boa (AM) sediou no último fim de semana a abertura do encontro da Frente Parlamentar de Regularização Fundiária, com prefeitos e vereadores, para tratar de assuntos ligados à questão fundiária em 16 municípios do Alto Solimões.

A reunião contou com a presença da presidente da Frente, a deputada estadual Vera Castelo Branco (PTB), e seu vice, deputado Wanderley Dallas (PMDB), do presidente da Câmara, Francisco Aroldo, vereador Francisco Correa, representantes de comunidades, piscicultores, agricultores e madeireiros estimados em mais de 80 pessoas.

A principal discussão em pauta foi a regularização das terras para os agricultores e a dificuldade em conseguir financiamentos bancários que não ocorre por conta da titulação da terra que muitos não tem.

O mesmo problema acontece com as associações comunitárias, que não conseguem financiamentos para desenvolver suas atividades agrícolas e, também, na piscicultura, prática crescente no interior devido aos períodos de defeso fazendo com que barreiras burocráticas sejam criadas por entidades do governo.

Na oportunidade, a deputada Vera Castelo Branco fez uma explanação sobre o projeto de piscicultura que implantou no ramal do “Tiririca”, no município de Autazes e no Careiro com muito sucesso.

A parlamentar foi procurada por estas associações para conhecer o projeto tendo algumas sendo beneficiadas com tanques para criação de alevinos e redes.

A parlamentar destacou o excesso de burocracia criada por entidades governamentais para a implantação desses projetos e, para criar solução para essas associações, entrou em contato com o Banco da Amazônia (BASA) para reduzir alguns entraves no sentido de dar novas oportunidades para as associações.

A deputada elogiou o trabalho do superintendente regional do Basa, Antônio Carlos Benetti, à época, destacando seus projetos que foram aprovados e ampliados através do incentivo dessa instituição bancária.

A deputada Vera ressaltou que o governo disponibiliza milhões em recursos para os agricultores, mais que os requisitos colocados para que consigam esses recursos dificultam o andamento do projeto, assinalando que o ministro da Pesca quando esteve em Manaus afirmou que o ministério possui milhões para serem investidos nas associações de piscicultura, criando assim uma grande expectativa e esperança para aqueles que precisam de um incentivo financeiro, mais que esbaram na burocracia.

Vera relatou que o crédito concedido às associações é escasso deixando-as ainda mais endividadas e em situação difícil, faltando atitudes sérias e operacionalidade para desburocratizar o andamento dos projetos encaminhados aos órgãos competentes.

“Em conversa com o governador Omar Aziz (PSD) fiz indicação sobre uma campanha de regularização fundiária urbana e rural nos municípios, priorizando o bem-estar social dessas comunidades.

” * Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal da Assembleia Legislativa do Amazonas