Vera fala sobre cheia dos rios e pede ajuda para povos indígenas

PTB Notícias 13/03/2014, 19:03


A cheia dos rios que começa a deixar a população ribeirinha do Amazonas aflita foi tema do pronunciamento da deputada Vera Castelo Branco (PTB), nesta quinta-feira (13/3/2014), no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Diante dessa situação preocupante, a parlamentar propôs que a Defesa Civil do Estado seja convocada pela Aleam para explicar quais ações estão sendo projetadas para enfrentar esse problema que acontece todos os anos.

Vera Castelo Branco disse que a população do entorno do Madeira, como Humaitá, Boca do Acre e de outros municípios, como Novo Aripuanã, já estão sofrendo as consequências da subida das águas em patamar bem avançado por conta das recentes chuvas.

“Esta Assembleia precisa convocar o secretário de Estado da Defesa Civil, coronel Roberto Rocha, para fazer uma explanação do que efetivamente está sendo feito, inclusive recursos disponíveis para serem investidos no atendimento aos ribeirinhos”, disse a deputada, ressaltando que diariamente tem sido procurada por representes dos municípios querendo explicações sobre quais ajudas estão projetadas para ajudar a população a enfrentar a enchente que já atinge alguns municípios amazonenses.

Tratamento desumanoOutro tema tratado por Vera Castelo Branco, em seu discurso, foi referente aos indígenas, em especial o povo Madija Kulina, que estariam sendo tratados com descaso, principalmente os que vivem em áreas isoladas, na região do Juruá.

Vera defende que sejam construídos abrigos para atender essa população que quando busca ajuda nos municípios não tem onde ficar e ficam morando em cima de pedras sem assistência, ou seja, fazem cabana em cima das rochas para se defender da chuva e do solo.

“Fui informada de que muitos indígenas de Ipixuna estão doentes, com tuberculose e sendo hostilizados pela prefeitura do município, que não tem feito nada para ajudá-los”, disse Vera, lembrando que essas pessoas ficam abandonadas, sem alimentação, o que fere a declaração Universal dos Direitos Humanos.

Os deputados Sidney Leite (Pros) e Sinésio Campos (PT), em aparte, também se manifestarem em defesa dos indígenas, inclusive cobraram posicionamento de órgãos como a Fundação Nacional do Índio (Funai) e a Secretaria de Estado para os Povos Indígenas do Amazonas (Seind), criados para proteger e defender essa população, que hoje vive marginalizada, principalmente nos municípios amazonenses.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa do AmazonasFoto: Danilo Mello/Aleam