Vera indica deputado do PT para receber título de Cidadão do Amazonas

PTB Notícias 21/04/2011, 8:55


A deputada estadual petebista Vera Castelo Branco apresentou, nesta quarta-feira (20/04/2011), na Assembléia Legislativa do Amazonas, proposta de projeto de lei concedendo o título de Cidadão do Amazonas ao deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), pelos relevantes serviços prestados ao Estado.

Segundo Vera, o deputado Paulo Teixeira é paulista, mesmo assim tem demonstrado verdadeiro apreço às comunidades do município de São Gabriel da Cachoeira, aprovando inúmeros projetos beneficiando os cidadãos daquele município que é constituído de 93% de indígenas.

Vera Castelo Branco explicou que o deputado Paulo Teixeira “deixa evidente que é um “deputado do Brasil”, exemplo que os demais parlamentares deveriam seguir”.

Ela explicou que o parlamentar petista se empenha para melhorar os setores de cidadania e justiça, social, saúde, infraestrutura, produção e economia solidária, segurança alimentar, arranjos institucionais, juventude e família em São Gabriel da Cachoeira, mesmo a despeito de ter perdido seu filho, Pedro Yamaguchi Ferreira, de 27 anos, nas águas daquele município em junho de 2010.

A deputada petebista esclareceu que o jovem advogado atuava auxiliando pessoas carentes na condição de “missionário idealista da Diocese de São Gabriel”, e que, com sua morte, mais ainda fortaleceu a vontade de seu pai, o deputado Paulo Teixeira, que avançou ainda mais em busca de projetos, ações e recursos que trarão ao município as melhorias que “servirão de oriente para todos nós na concepção de novos conceitos políticos”.

Na justificativa de sua proposta, a parlamentar petebista afirma que o deputado Paulo Teixeira nutre a intenção de homenagear o filho que perdeu nas águas do rio Negro, contemplando o povo do Amazonas com benefícios que “alcançarão uma população extremamente carente, que vive em meio a graves problemas sociais dentro de um universo de belezas naturais, como o próprio jovem descreveu São Gabriel em seu diário pessoal, o que nos impele ao reconhecimento da indiscutível cidadania amazonense”.

fonte: site da Assembléia Legislativa do Amazonas