Vera pede construção de casa de apoio ao indígena em S.Paulo de Olivença

PTB Notícias 17/04/2014, 8:51


A construção de uma casa de apoio ao indígena no município de São Paulo de Olivença (AM) foi a proposta apresentada pela deputada Vera Castelo Branco (PTB-AM), à mesa diretora para que proceda encaminhamento sob a forma de indicação ao governador do Amazonas, José Melo (Pros) e à presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Maria Augusta Assirati, ao presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Gilson de Carvalho Filho, ao coordenador das Organizações Indígenas da Amazônia (Coiab), Maximiliano Tukano e à presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena do Médio Solimões (Condisi), Francisca das Chagas Correa, para que viabilizem estudo técnico, em caráter de urgência, no sentido de construir essa casa de apoio ao indígena.

Para a deputada, os indígenas de nosso Estado solicitam o apoio do Governo Estadual no sentido de construir uma Casa de Apoio ao Indígena, pois, sempre que precisam se deslocar da comunidade para tratamento médico ou para receber benefícios da previdência não dispõem de um local onde possam ser acolhidos e, por isso mesmo, passam fome, frio, dormem ao relento, portanto, vivem uma condição sub humana e, ainda, são hostilizados tanto pela população quanto pelas prefeituras.

Segundo Vera Castelo Branco, é senso comum, também, que as sociedades e seus governos devem assegurar aos seus cidadãos a igualdade de oportunidades em todas as situações de vida! A Declaração Universal dos Direitos Humanos menciona: direito ao trabalho, ao emprego e renda, direito a um padrão de vida adequado, ou seja, aquele que supre as necessidades básicas, exigência primordial para uma vida social digna: moradia, vestuário e alimentação; direito à saúde, à educação e direito ao meio ambiente equilibrado.

Esses direitos são garantidos para toda população!Para a deputada, essa reivindicação prende-se, também, ao fato de os indígenas estarem completamente abandonados pelas prefeituras que não tem lhes dado o devido amparo, em seus direitos constitucionais e humanitários.

E, além disso, surgiu mais um agravante dessa situação: o Conselho Distrital de Saúde Indígena recebeu uma denúncia verbal, de que há indígenas com tuberculose; e sabemos o risco que isso representa para a sociedade como um todo, pois a Tuberculose é uma doença infecto-contagiosa, portanto, de fácil transmissão e de tratamento moroso, sendo necessárias providências imediatas para evitar futuros transtornos e mais ônus ao erário.

Justificando sua proposta, a deputada Vera Castelo Branco disse que notáveis são as políticas de atenção à população do Governo Estadual, destacando-se, especialmente, o apoio aos grupos vulneráveis.

E a construção de uma Casa de Apoio ao Indígena minimizaria em muito o sofrimento dos indígenas que de forma lógica e justa se sentem desamparados todas as vezes que precisam sair de suas comunidades.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da Deputada Vera Castelo Branco (PTB-AM)Foto: Divulgação