Vereador Carlos Filho irá acionar judicialmente o DEM do Piauí

PTB Notícias 3/04/2008, 11:36


O vereador Carlos Filho (PTB/PI) afirmou nesta quarta-feira (02/04) que irá acionar judicialmente o presidente do Diretório Estadual do Democratas no Piauí, Valdeci Cavalcante, pelas acusações de que ele teria trocado de partido por interesses financeiros.

O parlamentar foi inocentado ontem pelo TRE em julgamento de infidelidade partidária.

Valdeci Cavalcante afirmou, em entrevista à uma emissora de TV do Estado, que uma pessoa do PTB revelou a ele que o vereador teria trocado de partido por garantias de dinheiro e de cargos.

“Ele foi para lá (PTB) por interesse.

Garantiram a eleição e cargos”, disse o presidente do DEM.

Carlos Filho garante que o presidente do DEM terá de explicar suas acusações.

“Do mesmo jeito que uma vez ele falou que o PTB comprou prefeitos e teve que se explicar no Ministério Público, dessa vez ele também terá.

Vai ter que dizer qual foi o dinheiro dado a mim e quem foi essa pessoa que repassou a informação”, ressaltou o parlamentar.

Carlos Filho foi absolvido, nesta terça-feira (01/04), em julgamento no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, da acusação de infidelidade partidária.

Em decisão unânime dos juízes eleitorais, o parlamentar continuará a exercer o seu mandato na Câmara Municipal de Teresina.

A justificativa apresentada por sua defesa, feita pelo advogado Norberto Campelo, foi fundamentada em perseguição sofrida pelo vereador.

Em pronunciamento no Tribunal, o advogado mostrou documentos que comprovavam a discriminação feita pelo presidente do Diretório Estadual do DEM, Valdeci Cavalcante.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do CidadeVerde.

com)