Vereador Fogaça quer explicações de auxiliares do secretário da Semur

PTB Notícias 10/07/2013, 8:09


O vereador de Porto Velho (RO) Everaldo Fogaça (PTB) disse, na terça-feira (9/7/2013), que vai requerer ainda esta semana a convocação, na próxima semana, das duas auxiliares (secretárias) do secretário municipal de Regularização Fundiária (Semur) para dar explicações sobre as pressões feitas sobre vários servidores comissionados e estatutários para que comparecessem à sessão de segunda-feira para aplaudir o prefeito Mauro Nazif (PSB).

A denúncia partiu de uma servidora da secretaria, que, insatisfeita pela convocação forçada pelas auxiliares, a mando do secretário, resolveu denunciar.

Segundo o vereador, o próprio secretário da pasta, Christian Camurça, incorreu em ato ímprobo, ao encerrar o expediente ao meio-dia (o expediente é até as 14hs) e obrigando servidores a comparecer à sessão, gerando um clima de instabilidade na Câmara.

As declarações do vereador geraram outros comentários na sessão plenária de terça-feira.

Ao elogiar a postura de Everaldo Fogaça (PTB) e Aélcio da TV (PP), que se posicionaram de maneira firme contra o “circo montado” pelo prefeito e sua equipe, o vereador Cláudio da Padaria (PCdoB) disse que em seis anos de Câmara Municipal nunca viu um prefeito convocar assessores para vaiar vereadores.

“Fica aqui o meu repúdio contra a atitude do senhor prefeito.

Não sei quem foi que armou o circo e o palco, mas sei que fomos feitos de palhaço”, comentou Cláudio da Padaria.

Outros vereadores que se manifestaram comentaram sobre o oportunismo político do prefeito que resolveu aparecer na Câmara depois de dois meses sumido, aproveitando a situação de fragilidade do Parlamento.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal O Nortão