Vereador Fogaça ressalta evento que pode gerar receita bilionária a RO

PTB Notícias 5/06/2015, 10:49


O vereador de Porto Velho (RO), Everaldo Fogaça, do PTB, prestigiou, em Ji-Paraná, no parque de exposições Hermínio Victorelli, a realização da 4ª Rondônia Rural Show.

Fogaça ressaltou a importância do evento e mencionou, como destaque, que Rondônia poderá receber receita bilionária com as possibilidades de negócios aventados no setor agropecuário.

Lá, recebeu uma homenagem das mãos do secretário de Estado da Agricultura de Rondônia Evandro Padovani, representando o governador Confúcio Moura (PMDB), certificando o vereador como parceiro na realização da 4ª Rondônia Rural Show.

O eventoConsiderada a maior feira da Região Norte do Brasil, a 4ª Rondônia Rural Show expôs o que o Estado tem de melhor: o empreendedorismo, que passa pelo cultivo de hortaliças e pela criação de animais de primeira qualidade.

Além do manto empreendedor, a solidariedade entre rondonienses teve grande espaço como, por exemplo, o estande do Hospital Santa Marcelina, que apresentou trabalhos artesanais de seus pacientes.

Segundo Irmã Lina Maria Ambiel, a estrutura foi montada a fim de arrecadar fundos para dar continuidade aos programas de saúde da instituição.

“Isso que observamos é uma enorme demonstração de força e determinação.

Tudo isso atrelado ao fato de que, sempre, o paciente vem em primeiro lugar para o Hospital Santa Marcelina.

Um exemplo de dedicação.

Estão todos de parabéns”, disse Fogaça.

Há 38 anos em Ji-Paraná, foi a primeira participação da entidade na feira do agronegócio.

A irmã Lina Maria destacou que o espaço também foi uma oportunidade de apresentar um pouco das ações feitas na unidade hospitalar.

“Atendemos pacientes de Rondônia, Acre e até mesmo da Bolívia.

Temos programas de reabilitação ortopédica, auditiva, fornecemos próteses, cadeiras de roda, atendemos pacientes com sequelas gravíssimas.

Então, precisamos sempre do apoio da sociedade para seguir projetos”, explicou a freira.

No estande da 4ª Rondônia Rural Show foram comercializados artigos em tecido, como panos de prato, chaveiros e sacolas de lixo reutilizáveis para carro, com preços a partir de cinco reais.

Diversos municípios também participaram e Fogaça esteve em todos os estandes.

“Pude conhecer o trabalho realizado em vários segmentos.

Também aprendi um pouco sobre artesanato, que é uma arte nobre, bonita.

Tudo o que foi apresentado aqui tem sido de um profissionalismo ímpar.

Impressionante”, relatou.

O vereador almoçou na Praça de Alimentação do parque de exposições e visitou a exposição da Big Sal, empresa que apresentou uma palestra sobre piscicultura e cuidados cuidados especiais para que os tanques de criação não sejam infestados com fungos e bactérias, atrapalhando o desenvolvimento do peixe.

“Descobri que a principal causa dessas doenças nos peixes é o que os produtores jogam restos de comidas a eles e isso acaba comprometendo os tanques.

São informações desconhecidas, mas simples e úteis.

Qualquer cidadão poderia apreciar e entender um pouco mais.

Vale à pena”, ressaltou.

Por fim, Everaldo Fogaça visitou o estande da Nutrizon, empresa que oferece um laboratório móvel direto nas propriedades para verificar a qualidade da água e dos peixes.

Terminou o dia, recheado de informações sobrea piscicultura, saboreando pirarucu e tambaqui, peixes tradicionais de Rondônia preparados pelas mãos da chefe de cozinha Cléo Ressetti, de Curitiba, Paraná.

Ressetti informou que “o peixe de Rondônia é de excelente qualidade, mas infelizmente ainda não é comercializado nos grandes centros do Brasil”.

“Foi muito proveitoso esses dias de aprendizado e de valorização ao agronegócios.

Rondônia tem muito a ganhar com essa feira e com os negócios que poderão ser firmados a partir daqui.

É uma excelente iniciativa de fomento à agricultura e à agropecuária.

Sem contar que as informações passadas são de utilidade pública, de uso comum.

Qualquer um pode aprender mais a respeito e tomar gosto por empreender.

Espero que haja outros eventos com essa magnitude”, finalizou Fogaça.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Tudo Rondônia Foto: Divulgação/Assessoria