Vereador Paulo Roberto pede que MP apure gastos da Fundação Hospitalar

PTB Notícias 3/06/2013, 7:08


O líder do PTB na Câmara de Teresina (PI), vereador Paulo Roberto da Iluminação, vai protocolar nesta segunda-feira (3/6/2013) uma solicitação assinada por 11 parlamentares para que o Ministério Público Estadual investigue o gasto de R$ 752.

083,19 pela Fundação Hospitalar de Teresina.

O documento foi assinado por 11 vereadores: Teresa Britto (PV), Antonio Aguiar (PTB), Carlos Filho (PTB), Graça Amorim (PTB), Antonio José Lira (DEM), Gilberto Paixão (PT), Dudu (PT), Rosário Biserra (PT), Inácio Carvalho (PP), Edvan Silva (PTC), além de Paulo Roberto da Iluminação (PTB).

De acordo com Paulo Roberto, a Fundação Hospitalar fez uma dispensa de licitação para um gasto muito alto.

A verba foi paga para a HS Construtora realizar retelhamento, recuperação de cobertura e reparo de drenagem, em caráter emergencial, nas unidades de saúde do Promorar, Dirceu II, Wall Ferraz, Matadouro, Buenos Aires e Satélite.

Os R$ 752.

083,19 foram pagos em apenas duas parcelas, sendo uma de R$ 365.

940,26 em abril e R$ 386.

142,93, em maio.

Os parlamentares visitaram essas unidades de saúde e acreditam que o valor pago foi alto diante do serviço prestado.

Eles querem saber ainda porque a empresa contemplada foi a HS Construtora, que consta na lista de doadores de campanha do prefeito Firmino Filho (PSDB).

“Nós estamos solicitando que o MPE investigue porque achamos muito estranho uma dispensa de licitação de um valor tão alto em favor de uma empresa que doou dinheiro para a campanha do prefeito realizar uma obra tão simples”, afirma Paulo Roberto.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Cidade Verde