Vereador Polesello critica critérios para inserir obras no PAC de Sorriso

PTB Notícias 31/10/2011, 8:36


O vereador Hilton Polesello (PTB), líder da bancada de oposição na Câmara Municipal de Sorriso (MT), deve analisar, nos próximos dias, junto com a assessoria jurídica do legislativo e técnicos, a lista das obras que integram o Programa de Aceleracao do Crescimento de Sorriso (PAC-Sorriso).

O parlamentar solicitou em à prefeitura informações detalhadas sobre o programa.

Ele criticou algumas obras que integram o PAC, como a duplicação da BR-163 e o projeto de irrigação no Assentamento Jonas Pinheiro (Poranga).

“Como que uma obra que começou em 2008 pode estar em um programa lançado em julho deste ano?”, questiona.

“Pois grande parte os recursos da travessia urbana já foram repassados.

Já o projeto de irrigação nas propriedades rurais, que começou em 2007 e cujos recursos podem ultrapassar R$ 80 milhões, só deve ser executado em 2015 ou mais”, disse o vereador.

Hoje no PAC-Sorriso integra 71 obras que reúne recursos privados, do governo federal, estadual e da prefeitura, sendo que todas elas têm contrapartida de recursos municipais.

O valor total alcança R$ 514,9 milhões.

“No meu entendimento eles estão fazendo um grande volume para criar uma impressão de que está sendo feito muitas obras somente com recurso do município.

Só que a administração, durante os quatro anos de gestão, vai arrecadar mais de R$ 500 milhões e eu quero saber quanto desse valor vai ser investido no município.

Pelo que foi apresentado o valor não vai chegar a R$ 20 milhões”, disse Polesello.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Portal da Câmara Municipal de Sorriso