Vereadora Jeruza Lisboa Pacheco concorre a prêmio de instituto político

PTB Notícias 26/08/2011, 15:40


Petebista pode ser votada pela Internet até o dia 10 de setembro; objetivo da entidade é identificar em todas as cidades do Estado de São Paulo os parlamentares mais ativosA presidente do PTB de Poá, vereadora Jeruza Lisboa Pacheco Reis, está concorrendo à Medalha dos Inconfidentes – Mérito Eleitoral, concedida pelo Instituto Tiradentes, de Viçosa, Minas Gerais.

A votação para eleger o parlamentar mais atuante do município está ocorrendo via Internet pelo site www.

institutotiradentes.

com.

br desde o dia 10 de agosto.

O internauta poderá votar em seu parlamentar preferido até 10 de setembro.

O principal objetivo da iniciativa é identificar em todos as 645 cidades do Estado de São Paulo os representantes do Poder Legislativo mais ativos, segundo o voto popular.

Os três vereadores mais votados de cada município do Estado de São Paulo serão premiados pelo Instituto Tiradentes com a Medalha dos Inconfidentes – Mérito Eleitoral.

O parlamentar que obtiver mais votos será agraciado com o “Colar de Ouro”.

O segundo colocado vai receber o “Colar de Prata”.

Já para a terceira colocação será outorgada o “Colar de Bronze”.

A premiação será realizada em São Paulo, nos dias 25 e 26 de novembro.

Esta será a 45º campanha realizada pela entidade desde 2003 para chegar aos nomes dos edis mais atuantes do Brasil.

Especializado em capacitação política, o Instituto Tiradentes deu início à votação on-line para eleger os vereadores com maior representatividade no Estado de São Paulo no dia 10 de agosto.

O internauta poderá votar em seu parlamentar preferido até 10 de setembro.

Para participar, basta acessar o site www.

institutotiradentes.

com.

br, clicar no banner referente ao prêmio e, em seguida, selecionar o Estado de São Paulo e a cidade de interesse.

No caso de Poá, concorrem à honraria a vereadora Jeruza Lisboa Pacheco Reis (PTB), única mulher da Casa de Leis poaense, e mais outros nove parlamentares, entre eles o colega de bancada da petebista, vereador Azuir Marcolino Cavalcante.

Segundo o Instituto Tiradentes, a eleição é realizada de forma segura e indevassável, ou seja, é blindada de possíveis fraudes.

Antes de receberem a Medalha dos Inconfidentes, os parlamentares mais votados vão passar por uma espécie de investigação, que vai levar em consideração suas trajetórias.

Caso seja identificada alguma irregularidade na vida política do vereador, o prêmio não será entregue.

IdeaisO Instituto Tiradentes tem sede em Viçosa, Minas Gerais, e tem como objetivos promover o debate interdisciplinar sobre os desafios que o Brasil enfrenta na busca do desenvolvimento sustentável e na promoção de novas agendas de políticas públicas alinhadas com os ideais de democracia, do multilateralismo, da integração internacional e da paz.

Por meio de eventos, como seminários, mesas-redondas, palestras, debates e cursos, além da divulgação de pesquisas e publicações, a entidade estimula o diálogo entre intelectuais, empresários, políticos e jornalistas sobre política, economia e área social.

A missão do instituto é contribuir para a valorização da cidadania, para o aperfeiçoamento da gestão pública, segundo os princípios da inovação, da ética e da probidade administrativa, estimular e apoiar iniciativas de açãocomunitária e difundir o ideário de Joaquim José da Silva Xavier, Tiradentes, para as novas gerações.

Agência Trabalhista de Notícias, (Ivana Souza) com informações do portal do PTBSP