Vereadores petebistas do Amazonas participam de debate sobre orçamento

PTB Notícias 24/11/2013, 11:59


O encerramento do Ciclo de Palestras de Leis Orçamentárias, na manhã da última terça-feira (19/11/2013), na Assembleia Legislativa do Amazonas, reuniu dezenas de vereadores de mais de 40 municípios para as aulas sobre o Plano Plurianual (PPA) do Estado.

O Plano, de médio prazo, estabelece as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos pelo governo amazonense ao longo de um período de quatro anos, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que compreende as metas e prioridades da administração pública, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro subsequente.

As palestras de treinamento de vereadores são uma iniciativa da Assembleia Legislativa que, por meio do Centro de Cooperação Técnica do Interior (Ccoti), está firmando parceria com todas as câmaras municipais do interior do Estado, para qualificar vereadores e servidores.

Diversos vereadores do PTB, de cidades amazonenses, participaram do ciclo de palestras nesta semana.

Um dos participantes, o vereador de primeiro mandato Jerônimo Almeida Ferreira, do PTB da cidade de São Gabriel da Cachoeira (a 852 Km de Manaus), expôs no encontro as dificuldades que vivem os municípios mais afastados da capital amazonense, e elogiou a iniciativa da Assembleia Legislativa.

“As Câmaras Municipais do interior, principalmente as da calha do Rio Negro como São Gabriel, Santa Izabel e Barcelos, são muito carentes de recursos e de pessoal especializado.

Depois que a Assembleia iniciou as parcerias com os legislativos municipais, tudo ficou mais fácil”, disse o vereador.

Para Jerônimo Almeida, desde que o legislativo estadual passou a realizar encontros com os representantes dos municípios, e procurou ouvir as demandas da população, houve franca melhoria no diálogo político e na solução de problemas das cidades.

“Começamos trazendo a situação política dos nossos municípios até os deputados e passamos a ter mais qualidade no trato político.

O Ccoti tem ajudado muito as Câmaras dos municípios na organização da Lei Orgânica e no seu Regimento Interno, e agora muito mais, com este Ciclo de Palestras de Orçamentos que são necessários, uma vez que, o vereador não tendo conhecimento básico do que está fazendo, vai ficar na mão daquele funcionário da casa, que entende de tudo ou quase tudo e que poderá tomar as decisões no lugar do vereador que foi eleito”, advertiu o vereador petebista.

Agência Trabalhista de Notícias (ELM), com informações da Assembleia Legislativa do Amazonas