Vice-prefeita Dinah Zekcer ganha força e vira articuladora em Santo André

PTB Notícias 24/03/2009, 9:43


O prefeito de Santo André, Aidan Ravin (PTB/SP), terá um reforço de peso a partir desta terça-feira (24/03) na articulação política entre o governo e Câmara Municipal: a vice-prefeita Dinah Zekcer (PTB).

Vereadora por quatro mandatos antes de assumir a vice-prefeitura e a secretaria de Governo, Dinah fará o diálogo com os vereadores, função que até segunda-feira era exercida por Walter Roberto Constantino Torrado, o Beto Torrado.

Este também acumulará cargos.

Além de articulador político, Torrado será chefe de gabinete, em substituição a Charles Camargo.

A chefia ganhará o status de secretaria após as mudanças promovidas pela reforma administrativa, que ainda não foi aprovada pelos vereadores.

Dinah e Torrado irão, a partir desta terça-feira, dividir funções: enquanto a ex-vereadora ficará responsável pela interlocução com a Câmara, Torrado fará a articulação dentro do Executivo.

Charles Camargo, por sua vez, continuará no Executivo.

Em vez de chefe de gabinete – função exercida interinamente, já que o titular, seu irmão Marcos Camargo, ainda se recupera de um infarte sofrido na época da campanha eleitoral -, será o secretário adjunto de Desenvolvimento e Ação Regional.

A Pasta é comandada por Vanderlei Retondo.

Segundo a assessoria de imprensa do prefeito, Marcos Camargo terá função garantida no governo assim que estiver restabelecido.

As alterações proporcionadas por Aidan foram classificadas como “necessárias para um maior entrosamento”.

“A mudança é para que o nosso governo tenha crescimento.

Se alguém se dá melhor numa posição por que não trocar?”, pontuou o chefe do Executivo.

A decisão ocorre um dia após o Diário revelar que Torrado não contava com a preferência de vereadores da oposição nem da base aliada.

Já Dinah é um nome consensual entre os parlamentares.

“O Beto estava sobrecarregado.

Eu já havia sugerido o nome da Dinah para auxiliar na articulação”, disse o líder do governo, Marcelo Chehade (PSDB).

“Com certeza, com toda a experiência de Câmara que ela tem nos trabalhos impõe credibilidade”, endossou o tucano, frisando que a atuação de Dinah deve dar mais agilidade à tramitação dos projetos.

A escolha da vice-prefeita como articuladora também agradou os petistas.

“Uma pessoa com a qualidade dela, ganha a Câmara, ganha o prefeito e ganha a cidade.

Vamos ter uma discussão séria sobre as políticas”, afirmou o líder da bancada, Jurandir Gallo.

Cláudio Malatesta foi além: “Acho que foi a decisão mais acertada dos três primeiros meses do governo Aidan”.

Torrado não foi encontrado para comentar sobre o assunto.

Sessão – Dinah chega à articulação no dia em que os vereadores devem aprovar dois grandes projetos do Executivo: a reforma administrativa e a matéria que permite a realização de PPPs (Parcerias Público-Privadas).

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do Diário do Grande ABC)