Vinícius pede ao governo que instale Polícia de Proximidade em Petrópolis

PTB Notícias 11/03/2015, 19:27


Após um mês de constantes ocorrências violentas como assaltos, roubos, sequestro-relâmpago, estupro, tentativa de homicídio e homicídio em Petrópolis, o deputado Marcus Vinícius (PTB) solicitou ao governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), a instalação de uma Companhia Integrada de Polícia de Proximidade (CIPP) no município, durante discurso no plenário da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), na quinta-feira (5/3/2015).

A CIPP é um projeto-piloto inaugurado, no último mês, no Grajaú, bairro do Rio.

“O objetivo é a aproximação efetiva entre a população e a PM.

A ideia é que os policiais circulem diariamente nos bairros a pé e passem a ser referência para a população, disponibilizando inclusive contato de celular aos moradores e comerciantes.

Acredito que esse conceito se encaixa bem em nossa cidade e ajudaria não apenas na sensação de segurança como no próprio policiamento”, afirmou o parlamentar.

O deputado Marcus Vinícius, que oficializou o pedido por meio de uma indicação legislativa ao governo do Estado, relembrou alguns casos que estamparam os jornais da cidade nos últimos 30 dias.

“Em poucos dias assistimos perplexos a casos como a tentativa de homicídio ao empresário Guaraci Oliveira, em plena luz do dia; a morte de mulher a pedradas no Siméria; constantes assaltados no Centro Histórico, inclusive na Avenida Koeler, e em bairros como a Vila Militar; a morte de um homem em posto na Posse; estupros no bairro Quitandinha e ainda mais um registro de sequestro-relâmpago na rodovia Rio-Petrópolis”, citou o petebista, referindo-se a alguns dos últimos ocorridos.

Uma unidade da CIPP já está prevista para Niterói no próximo mês e a previsão do governo do Rio é que as cidades do interior fluminense também recebam o projeto.

A curto prazo, o deputado acredita ser necessária uma reunião que envolva diversos setores interessados como as instituições de segurança e representantes da sociedade.

“Precisamos de uma força-tarefa e da união das polícias Militar e Civil, assim como o apoio da Guarda Municipal que compõe papel importante nesse quadro para também traçarmos estratégias de atuação.

Vou buscar uma reunião conjunta com o apoio também de vereadores porque juntos teremos condições de levantar sugestões e as necessidades da cidade para que eu possa levar ao secretário estadual de Segurança Pública, José Mariano Beltrame”, afirmou Marcus Vinícius.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do deputado Marcus Vinícius (PTB-RJ)Foto: Divulgação/Assessoria