Vinícius quer intervenção da Alerj para acabar com apagões em Petrópolis

PTB Notícias 1/02/2012, 15:52


O deputado Marcus Vinícius (PTB-RJ) está recorrendo à Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) para garantir mais investimentos no abastecimento de energia elétrica para Petrópolis.

O último apagão, na primeira semana do ano, resultou em prejuízos para pousadas, hotéis, restaurantes e pessoas físicas por vários distritos, de Bonsucesso à Posse.

Estima-se que o apagão tenha atingido mais de 50 mil pessoas no perímetro onde estão localizados quase 90 hotéis e pousadas e160 restaurantes.

“Petrópolis, uma cidade turística, não pode prescindir de infraestrutura e energia elétrica é o básico.

Queremos que a Ampla apresente à Comissão os investimentos já realizados e que se comprometa a discutir com a sociedade onde precisa ser empregado mais dinheiro para garantir um abastecimento decente”, afirma Marcus Vinícius.

Depois de sucessivos apagões no Verão de 2010, a Ampla, concessionária reponsável pelo fornecimento de energia elétrica em Petrópolis, em audiência pública realizada na Câmara de Vereadores em março daquele ano chegou a anunciar investimento global de R$ 200 milhões em sua área de atuação dos quais R$ 15 mihões especificamente para Petrópolis.

“Na ocasião já questionávamos que o montande para uma cidade com 250 mil ligações residenciais e industriais era insuficiente.

A volta dos apagões, principalmente no distritos onde estão localizados 90% dos mais de 4,5 mil leitos da rede hoteleira, comprovou isso”, aponta o parlamentar.

A audiência teve a presença do presidente da empresa, Marcelo Llévenes, que chegou a se desculpar e prometeu indenizações para os prejudicados.

Donos de hotéis e restaurantes reclamam de cancelamento de reservas e hóspedes e clientes deixando os estabecimentos a cada apagão.

“A empresa precisa aumentar os investimentos em cabeamento, segurança da rede e em modernização da fiação.

Outra questão é sobre a terceirização do atendimento ao consumidor por meio de subcontratadas que deixam a desejar.

Vamos cobrar da Ampla, antes de mais nada, seu envolvimento com o desenvolvimento da cidade”, antecipa.

Agência Trabalhista de Notícias (PB), com informações do site do Deputado Marcus ViníciusFoto: Site / Assembleia Legislativa do Estado do Rio