William Maksoud Neto assume Juventude do PTB de Mato Grosso do Sul

PTB Notícias 7/10/2015, 19:13


O advogado William Maksoud Neto, de 24 anos, tomou posse como presidente da Juventude do PTB de Mato Grosso do Sul na sexta-feira (2/10/2015), durante o encontro do partido em Campo Grande.

As presidentes do PTB, deputada Cristiane Brasil (RJ), e da JPTB, Graciela Nienov, participaram da solenidade.

O avô de Neto, o médico William Maksoud, foi um dos fundadores do PTB em Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul.

Seu pai, o advogado William Maksoud Filho, foi vereador pelo partido.

“Meu DNA político se aplica intensamente ao PTB, visto que o sangue do partido corre em minhas veias”, disse o novo presidente.

Maksoud Neto destacou que a JPTB sul-mato-grossense buscará debater os anseios da sociedade, “atuando na fiscalização política e na exigência do cumprimento dos direitos e deveres dos cidadãos”.

“Uma vez que vivemos um momento de perplexidade e descrença na classe política, sendo necessária a renovação, e os jovens são o futuro da nação”, acrescentou.

A presidente Graciela Nienov desejou boa sorte a Neto na condução da JPTB-MS e disse que espera contar com o comprometimento dele e da executiva estadual para que o movimento jovem trabalhista cresça entre as juventudes partidárias do Brasil.

“Nosso cenário político vem desmerecendo atenção dos jovens, mas não podemos nos dar por vencidos, porque quanto mais gente do bem não quer saber, mais pessoas do mal assumem posições importantes.

Nem todos tem a sorte de ter exemplos que dignificam a política geral, mas o Wiliam tem a sorte de ter ao seu lado um jovem médico, o nosso presidente [estadual do PTB] Nelsinho Trad, que já fez muito pela política e agora vai ajudar na reconstrução do PTB de Mato Grosso do Sul, dando espaço para a juventude”, disse.

Ainda em seu discurso no evento, a líder nacional da JPTB ressaltou a importância de garantir à juventude incentivos para ingressar no mercado de trabalho.

De acordo com Graciela Nienov, o país precisa de programas que capacitem os jovens para inseri-los no mercado.

A presidente frisou que, quando houver reais propostas voltadas à valorização da educação, e o cumprimento delas, e a geração de empregos para os jovens, o Brasil se tornará uma nação desenvolvida.

“A luta é de todos nós, jovens.

Nossa luta é para que cada dia possamos incluir mais jovens na política, passando a lutar pelos direitos do cidadão, transformando a sociedade em um lugar digno para todos e com direitos concretos para nossa juventude”, concluiu a presidente nacional da JPTB.

Agência Trabalhista de Notícias, por Felipe MenezesFotos: Divulgação