Wilson Filho fala sobre a CPI da Violência contra Jovens Negros e Pobres

PTB Notícias 2/07/2015, 6:13


Será instalada em João Pessoa (PB), nesta sexta-feira (3/7/2015), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara dos Deputados destinada a apurar as causas, razões, consequências, custos sociais e econômicos da violência, morte e desaparecimento de jovens negros e pobres no Brasil.

A CPI vai se instalar no auditório da Fecomércio, no centro da capital paraibana, a partir das 14h.

A reunião faz parte da série de audiências que a CPI tem feito nos estados para levantar diagnósticos, informações, oitivas e diligências para auxiliar os trabalhos da comissão.

O debate na Paraíba será conduzido pelo presidente da CPI, deputado Reginaldo Lopes (PT-MG).

Os deputados já estiveram em Alagoas, na Bahia e no Rio de Janeiro.

Antes da audiência pública, os integrantes da comissão vão fazer uma diligência à comunidade Marco Moura, no bairro do Tibiri, município de Santa Rita, na Grande João Pessoa, para colher depoimentos de familiares de vítimas da violência e representantes de movimentos sociais.

Segundo o vice-presidente da CPI, deputado Wilson Filho (PTB-PB), a realização de audiência em João Pessoa acontece devido ao elevado número de jovens assassinados no Estado.

Dados do estudo Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência e Desigualdade Racial apontam que um jovem negro tem 13 vezes mais chances de ser vítima de homicídio do que um jovem branco na Paraíba.

“Esse é o maior índice de todo o país, por isso, é de fundamental importância que a CPI também se faça presente em um Estado em que parte da população jovem negra vem sendo dizimada pela violência”, ressaltou Wilson Filho.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Portal Correio Foto: Lucio Bernardo Jr.

/Câmara dos Deputados