Zambiasi comunica decisão de Temer de votar projetos para aposentados

PTB Notícias 13/03/2009, 12:01


O senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS) comunicou ao Plenário que o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, anunciou que colocará em votação os projetos que beneficiam aposentados e pensionistas, em tramitação naquela Casa.

Zambiasi, juntamente com outros senadores e deputados, reuniu-se com Temer nesta quinta-feira (12/3) para pedir a urgência no exame dessas propostas, já aprovadas pelo Senado.

Zambiasi informou ainda que todos os deputados do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) firmaram compromisso de votar a favor dos aposentados.

O senador considerou o encontro com Temer “um passo fundamental” para o exame das propostas em benefício dos aposentados e manifestou a sua expectativa na aprovação das matérias e em sua sanção pelo presidente da República.

– Isso irá corrigir uma injustiça histórica em relação a homens e mulheres que contribuíram para o Brasil com uma vida inteira de trabalho.

O presidente Michel Temer teve uma atitude digna ao anunciar que colocaria em votação todos esses grandes projetos.

Eu me senti privilegiado e feliz por ter podido estar presente nessa hora histórica – disse o senador.

Instituto do Coração Sérgio Zambiasi anunciou também, em seu pronunciamento, que o Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul assumiu a gestão do Incor-DF, em substituição à Fundação Zerbini, que vinha tendo dificuldades para manter essa estrutura em Brasília.

Zambiasi disse que o Incor-DF, que tem suas instalações sediadas junto ao Hospital das Forças Armadas, conta com unidade de emergência, consultórios, hemodinâmica e unidade de diagnóstico de alta complexidade em Cardiologia.

Segundo o senador, em 2006, o Incor-DF realizou 547 cirurgias, 1,2 mil procedimentos hemodinâmicos, 149 implantes de marca-passo, 93 estudos eletrofisiológicos e 12,5 mil consultas ambulatoriais.

– Uma estrutura grandiosa como essa não poderia simplesmente deixar de atender a população de Brasília, que já é carente de assistência e acesso à saúde, e que, graças ao Incor, passou a ter acesso a atendimento de excelência no tratamento de doenças do coração.

Zambiasi destacou que o Instituto do Coração do Rio Grande do Sul (IC-RS), ao longo de seus 40 anos de existência, também se tornou uma referência nacional no campo da cardiologia, destacando-se por seu pioneirismo na adoção de novas técnicas.

A seu ver, a união do IC-RS com o Incor-DF se configura em uma receita de sucesso por unir pioneirismo e excelência.

fonte: Agência Senado