Zambiasi elogia restabelecimento da ordem e disciplina no setor aéreo

PTB Notícias 5/04/2007, 9:15


O senador Sérgio Zambiasi, do PTB do Rio Grande do Sul, disse, em discurso nesta quarta-feira, 4, que é necessário “um olhar mais atento para questões estruturais”, como é o caso do setor aéreo, para evitar crises como a que vem se verificando no Brasil.

O parlamentar elogiou, no entanto, a “sabedoria e sensibilidade” do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao preservar a autoridade militar, quando devolveu o comando da crise aérea à Aeronáutica.

– O momento é grave e exige o envolvimento cívico dos setores para solucionar a questão e garantir que se chegue a bom termo na crise e se possa garantir a paz social e a manutenção dos serviços essenciais à sociedade – defendeu o parlamentar.

Para Zambiasi, a decisão do presidente foi fundamental no processo de busca de uma solução duradoura para a crise no setor aéreo.

Ele frisou que é preciso “agir institucionalmente, respeitar a lei, cumprir os deveres e garantir a preservação dos direitos”.

Embora reconheça a legitimidade das reivindicações dos controladores de vôo, o senador criticou a forma utilizada para fazê-las pelos prejuízos causados aos usuários do setor aéreo.

Para o senador, as reivindicações e as negociações devem se realizar em um clima de garantia da ordem e da paz social que garantam o bem-estar da população.

– Nesse momento os controladores de vôo precisam entender civicamente sua função e importância para o bem-estar da sociedade e negociar – propôs o parlamentar.

Zambiasi lamentou a morte do passageiro Luiz Fernando Moska, de 54 anos, em Curitiba, por estresse, em decorrência dos aborrecimentos causados pelo caos dos aeroportos, conseqüência, avalia o senador, da greve deflagrada pelos controladores na última sexta-feira (30).

HomenagemZambiasi lembrou o seu convívio com o brigadeiro Juniti Saito, hoje comandante da Aeronáutica, quando este era comandante do 5º Comando Aéreo Regional, que tem sede na cidade de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre.

Na época, Zambiasi ocupava a presidência da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul.

O senador fez questão de destacar as qualidades técnicas e profissionais de Juniti Saito no exercício de sua profissão, dizendo que ele foi merecedor das duas maiores condecorações oferecidas a cidadãos por serviços prestados no Rio Grande do Sul: a Medalha do Mérito Farroupilha, concedida pela Assembléia Legislativa, e a Medalha do Mérito Negrinho do Pastoreio, concedida pelo governo do estado.

Zambiasi recebeu aparte do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), que apoiou seu pronunciamento.

fonte: Agência Senado